LeBron James espera continuar com os Lakers e olha para os Jogos Olímpicos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
LeBron James espera continuar com os Lakers e olha para os Jogos Olímpicos
LeBron James falou sobre o futuro
LeBron James falou sobre o futuro
Profimedia
Poucas horas depois de participar no seu 20.º jogo All-Star, o talentoso jogador natural de Ohio reafirmou no domingo o seu desejo de continuar a sua carreira com os Los Angeles Lakers e de competir nos Jogos Olímpicos de Paris deste ano.

Lebron James, de 39 anos, refletiu sobre o seu futuro numa conferência de imprensa antes de entrar em campo no Gainbridge Fieldhouse em Indianápolis, onde se tornou o jogador com mais participações no All-Star (211-186).

"Ainda não calculei quantas épocas me restam. Sei que não são muitas", disse James, que continua a atuar a um nível elevado na sua 21.ª época na NBA.

"Sou um Laker, tenho sido muito feliz sendo um Laker nos últimos seis anos e espero que continue assim", disse ele.

"Mas não sei por quanto tempo ou com que uniforme vou jogar... Espero que seja com os Lakers. É uma grande organização e eles tiveram tantos grandes (jogadores)", disse o melhor marcador de sempre da NBA.

No seu contrato, James tem a opção de se tornar agente livre ao final desta temporada e franquias como Warriors e Sixers estavam interessadas em negociar a sua contratação no mercado que se encerrou neste mês.

LeBron também não decidiu se vai anunciar a sua despedida mais cedo para viver uma última temporada de despedida para os seus fãs em cada cidade, como fizeram gigantes como Michael Jordan e Kobe Bryant.

"Saudável o suficiente"

"Estou 50-50", disse ele sobre esse cenário. "Há alturas em que sinto que devo isso aos meus adeptos, que me acompanharam nesta jornada durante mais de duas décadas", acrescentou.

"Mas, por outro lado, nunca fui muito bom a aceitar elogios. É uma sensação estranha para mim", observou. "Já vi os do Mike, já vi os do Kobe. Já vi muitos tipos. Não sei se me sentiria muito bem com isso", disse.

Entre os seus planos está o de representar os Estados Unidos da América para tentar o seu terceiro ouro olímpico em Paris, desde que o seu físico o permita.

"Disse a mim próprio antes da época, quando me comprometi com a equipa olímpica, que obviamente tudo dependia da minha saúde", recordou. "Neste momento, tenho saúde suficiente para estar na equipa e atuar ao nível que sabia que podia", acrescentou.

James está a braços com um problema no tornozelo esquerdo que o impediu de participar no último jogo da equipa antes da pausa para o All-Star e espera estar limitado no campo no domingo.