CONMEBOL vai construir estádio próprio em plano para ter Copa do Mundo na América do Sul

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CONMEBOL vai construir estádio próprio em plano para ter Copa do Mundo na América do Sul

Estádio CONMEBOL foi anunciado esta sexta-feira
Estádio CONMEBOL foi anunciado esta sexta-feiraCONMEBOL
A CONMEBOL anunciou esta sexta-feira, no seu congresso anual que teve lugar em Luque, no Paraguai, que vai construir um estádio próprio, em Assunção, no Paraguai, com capacidade de 45 mil pessoas, expansível a 60 mil lugares caso receba o Mundial-2030.

Este projeto faz parte da candidatura conjunta de Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai para receber o Campeonato do Mundo de 2030, oficialmente revelada neste congresso.

É um estádio que estamos a preparar, de última tecnologia, com todos os requisitos da FIFA, ao nível dos melhores do mundo. Queremos ter esse estádio aqui e que possa ser um exemplo para todo o continente e todo o mundo. O projeto já está em andamento e estará a serviço do futebol nacional e internacional”, afirmou o presidente da CONMBEBOL, Alejandro Domínguez.

A Argentina terá sete estádios nesta candidatura, sendo o Monumental de Nuñez, do River Plate, o de maior capacidade, com 83 mil lugares, uma vez que a Bombonera, casa do Boca Juniors, não foi incluída.

Um dos principais argumentos da CONMEBOL para receber o Mundial na América do Sul é o simbolismo de ter o Uruguai, primeiro país a receber o evento, como um das sedes, já que a edição em questão marcará os 100 anos da competição. O Estádio Centenário de Montevidéu, palco da final vencida pelo Uruguai diante da Argentina, em 1930, está entre os estádios da candidatura.

Recorde-se que, além desta candidatura sul-americana, a outra proposta oficial para receber o Mundial-2030 é de Portugal, Espanha e Marrocos. A decisão será tomada pela FIFA apenas em setembro de 2024.