Elfyn Evans aproxima-se do triunfo no Rali da Finlândia

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Elfyn Evans aproxima-se do triunfo no Rali da Finlândia
Elfyn Evans no asfalto da Finlândia
Elfyn Evans no asfalto da Finlândia
Profimedia
Elfyn Evans está à beira da vitória no Rali da Finlândia, aproveitando a vantagem que lhe foi dada pelo abandono, na sexta-feira, do companheiro de equipa da Toyota e campeão do mundo, Kalle Rovanpera.

O piloto galês venceu sete das oito etapas do dia, com o também piloto da Toyota, o japonês Takamoto Katsuta, a vencer a outra nas pistas cheias de lama do percurso.

"É bom estar nesta posição, mas ainda há quatro etapas especiais amanhã", disse Evans, que tem uma vantagem de 32,1 segundos sobre o belga Thierry Neuville, da Hyundai.

Neuville admitiu que as suas hipóteses de ultrapassar Evans no domingo eram escassas.

"Não estou a fazer força. Tudo está a correr bem, mas não posso fazer mais. Estamos demasiado longe e temos de continuar para o caso de acontecer alguma coisa, mas não temos os meios para lutar pela vitória", disse.

A luta pelo terceiro lugar está mais renhida, com Katsuta a ter uma vantagem de 6,4 segundos sobre o finlandês Teemu Suninen da Hyundai.

Rovanpera, o líder do campeonato com 55 pontos de vantagem sobre Evans, era o grande favorito à vitória na Finlândia.

No entanto, um erro na liderança da corrida na sexta-feira levou-o a capotar o seu Toyota.

Não pôde voltar à ação este sábado, onde esperava marcar pontos na power stage, que lhe dá pontos adicionais no campeonato.

Rovanpera continua a manter a liderança na classificação geral, com um máximo de 30 pontos a serem oferecidos a Evans no domingo.