Direção-Geral de Saúde e FPF juntam-se em projeto de atividade física infantil

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Direção-Geral de Saúde e FPF juntam-se em projeto de atividade física infantil
Protocolo assinado esta terça-feira na Cidade do Futebol
Protocolo assinado esta terça-feira na Cidade do Futebol
FPF
A Direção-Geral de Saúde (DGS) assinou esta terça-feira um protocolo com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), juntando-se a um projeto que visa aumentar os níveis de atividade física em crianças de mais de 360 escolas do país.

O protocolo foi hoje assinado na Cidade do Futebol, em Oeiras, distrito de Lisboa, juntando as duas instituições numa iniciativa em que as crianças poderão aceder a uma atividade de duas horas, com uma bola como “elemento fundamental”, é descrito em comunicado, para promover a atividade física e desportiva em crianças do primeiro ciclo.

O objetivo do novo protocolo é integrar a DGS no Conselho Multidisciplinar e a “disponibilização de 550 jogos” para as escolas que participam, pode ler-se em comunicado da FPF.

O projeto arrancou a 2 de outubro deste ano e, além desta atividade de enriquecimento curricular (AEC), oferece também formação a professores e ‘kits’ com material desportivo.

Os professores receberam formação, na Cidade do Futebol, em Oeiras, e as escolas aderentes receberam dois ‘kits’ de material, com bolas, bolas de ténis, arcos, cordas, coletes e cones, além de um manual digital com as atividades propostas.

Antes do arranque, um projeto-piloto em janeiro chegou a mais de 1.300 crianças.