Mundial Sub-17: Christian Wück espera ver mais tempo de jogo dos jovens da Alemanha

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mundial Sub-17: Christian Wück espera ver mais tempo de jogo dos jovens da Alemanha
Tiago Poller comemora o golo da Alemanha sobre a Espanha
Tiago Poller comemora o golo da Alemanha sobre a Espanha
Profimedia
O treinador da seleção sub-17 da Alemanha, Christian Wück, espera que a presença da sua equipa nas meias-finais do Campeonato do Mundo na Indonésia tenha um efeito positivo no tempo de jogo dos atletas nas equipas profissionais.

"Temos de garantir que os rapazes da zona de transição ganham confiança e tempo de jogo na equipa principal com os profissionais", disse Wück na Sky, este sábado, acrescentando: "Confiança é a palavra-chave".

O treinador não acredita que haja "falta de talento na Alemanha."

"Simplesmente temos o problema de não sermos capazes de dar aos miúdos, aos grandes talentos, tempo de jogo no mais alto nível da Bundesliga e da Bundesliga 2", explicou Wück.

Os espanhóis são um exemplo a seguir neste domínio: "Sobretudo o FC Barcelona. Há dois jogadores de 2006 que já estão a jogar lá. Infelizmente, ainda não é o nosso caso e acho que esse é o nosso grande obstáculo."

A seleção nacional sub-17 da Alemanha passou às meias-finais na sexta-feira, com uma vitória por 1-0 sobre a Espanha, e vai lutar por um lugar na final do Campeonato do Mundo na terça-feira (08:30), em Surakarta, contra a Argentina, que derrotou o atual campeão Brasil por 3-0. Wück acredita que a sua equipa pode conseguir um grande feito.

"Temos uma crença e uma vontade incríveis na equipa de que podemos conseguir tudo o que quisermos. Eu disse aos rapazes que só podemos vencer a nós mesmos", disse Wück, cuja equipa está lutando contra um vírus estomacal galopante.

Mesmo assim, o técnico está confiante, até porque há tempo suficiente para se recuperar.

"Temos de garantir que os rapazes estejam 100% e então acho que temos uma hipótese real de chegar à final", disse Wück.

Siga o Argentina-Alemanha no Flashscore