Ligue 1: Metz e Boloni condicionam Marselha que continua sem vencer em 2024 (1-1)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ligue 1: Metz e Boloni condicionam Marselha que continua sem vencer em 2024 (1-1)
Aubameyang não conseguiu marcar contra o Metz
Aubameyang não conseguiu marcar contra o Metz
AFP
Nada está a correr bem ao Marselha. A turma de Gattuso não saiu do empate 1-1 com o Metz em casa, na 21.ª jornada da Ligue 1.

Recorde aqui as incidências do encontro

Estes são tempos realmente complicados para o Olympique de Marselha. O início de 2024 tem sido um caminho longo e acidentado para os jogadores de Gattuso, que conquistaram muito poucos pontos desde janeiro. A jogar com 10 desde os 31 minutos, não conseguiram controlar o sistema montado pelo antigo treinador do Sporting Laszlo Boloni. O Metz tinha uma coisa em mente: levar algo do estádio Velódrome e foi o que fez, depois de recuperar de uma desvantagem.

As pontuações dos jogadores
Flashscore

Depois de três empates e uma derrota em cinco jogos, o Marselha tinha de mostrar o seu melhor futebol perante os seus adeptos, mas apesar da determinação, a equipa não esteve no seu melhor. É a tal questão da confiança... O Metz ofereceu o controlo aos anfitriões durante toda a primeira parte, que ainda somaram uns quantos remates, mas sem acerto de Aubameyang e Ounahi.

À passagem da meia-hora tudo mudou para os Phocéens, quando Samuel Gigot foi expulso depois de travar ilegalmente um lance de golo de Mikautadze. Um vermelho indiscutível para o capitão. 

Apesar disso, as intenções continuavam a estar do lado do Marselha. No entanto, a finalização não era a melhor, com 11 remates tentatados e apenas uma grande oportunidade de golo, por intermédio de Ounahi, defendida por Oukidja que foi o jogador que mais vezes tocou na bola por parte do Metz.

O guardião franco-argelino foi finalmente batido, aos 56 minutos, num desvio de Moumbagna ao primeiro poste depois de cruzamento de Merlin. A parte mais difícil estava conseguida, mas não durou muito tempo. 

Num pontapé de canto, a insistência de Lamine Camara foi recompensada com o cabeceamento do capitão Udol, que restabeleceu a igualdade ao fim de apenas cinco minutos. 

Foi a primeira oportunidade de golo da turma de Boloni que salvaguardou um ponto na bagagem de regresso e frustrou o Velodróme.

Estatísticas no final do jogo
Opta by Stats Perform