PSG quer 150 milhões de euros por Neymar e Al Hilal, de Jorge Jesus, tem interesse

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
PSG quer 150 milhões de euros por Neymar e Al Hilal, de Jorge Jesus, tem interesse
Neymar está de saída do PSG
Neymar está de saída do PSG
AFP
De acordo com o jornal As, o clube também estaria disposto a emprestar o jogador com uma obrigação de recompra, enquanto que, segundo o L'Equipe, os árabes já fizeram uma rica oferta ao jogador.

O PSG atendeu à exigência de Neymar de ser vendido até agosto, mas, como o contrato do astro brasileiro vai até 2027, o clube não pretende descontar o valor do possível comprador. De acordo com o jornal As, o Catar, proprietário do clube parisiense, deixou escapar o preço do jogador: nem um euro a menos do que 150 milhões.

Em alternativa, para poupar um ano do seu elevado salário, o jogador estaria aberto a um empréstimo, mas apenas com uma obrigação de compra em 2024. Esta época, salienta As, as contas do PSG não estão ameaçadas pelo fair-play financeiro, mas na próxima época, com os novos regulamentos, o clube precisa de liquidez e um dos activos que mais dinheiro pode trazer é, sem dúvida, Neymar. Nesta altura, resta apenas identificar um possível clube para o canarinho. Sendo que o limite é 3 de setembro, dia de encerramento do mercado em França.

Nas últimas horas, tem-se falado da habitual Arábia Saudita. Segundo o L'Équipe, o Al Hilal, equipa orientada por Jorge Jesus que tentou contratar Messi e depois Mbappé, estaria disposto a oferecer-lhe um contrato de 80 milhões de euros líquidos por ano. Embora a prioridade de Ney continue a ser jogar no futebol europeu antes do Campeonato do Mundo de 2026, tal oferta seria digna de consideração.

Os números de Neymar
Flashscore