Balanço da Liga: Águias, de altos e baixos, ganharam campeonato do top-4

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Balanço da Liga: Águias, de altos e baixos, ganharam campeonato do top-4

Benfica esteve melhor conta os quatro primeiros
Benfica esteve melhor conta os quatro primeirosAFP
O Benfica foi humilhado no Dragão (0-5), perdeu o jogo do título da Liga de futebol em Alvalade (1-2) e esteve em desvantagem na receção a Sporting e SC Braga, mas ganhou o campeonato entre os quatro primeiros.

Nos seis jogos grandes, os encarnados somaram 12 pontos, fazendo o pleno na Luz e triunfando em Braga, contra 11 do campeão Sporting, 10 do FC Porto e apenas um do SC Braga, que explica o porquê de não conseguir lutar com os grandes.

As águias conseguiram a grande maioria dos pontos na primeira volta, com três triunfos tangenciais, e todos sofridos, nas receções a FC Porto (1-0, à sétima jornada) e Sporting (2-1, à 11.ª) e na ‘pedreira’ (1-0, à 14.ª).

Os comandados do alemão Roger Schmidt começaram por impor-se frente ao FC Porto, graças a um tendo solitário de Ángel Di María, aos 68 minutos, num jogo em que os portistas ficaram muito cedo reduzidos a 10 unidades, por expulsão de Fábio Cardoso.

Com a vitória face aos portistas, os encarnados ascenderam à segunda posição, da qual treparam para a primeira com um triunfo para a ‘lenda’ face ao vizinho e então líder Sporting.

A formação de Rúben Amorim adiantou-se aos 45 minutos, com um tiro do sueco Gyökeres, e, mesmo reduzida a 10 desde os 51, por expulsão de Gonçalo Inácio, foi aguentando a vantagem, mas, nos descontos, o Benfica conseguiu uma reviravolta épica, com tentos de João Neves, aos 90+4, e de Tengstedt, aos 90+7.

Após vencer os dois rivais, os encarnados instalaram-se na frente, mas já eram segundos quando foram a Braga e venceram com um golo aos três minutos, de Tengstedt, contando, depois, com uma grande exibição do guarda-redes ucraniano Trubin.

Na segunda volta, tudo foi diferente, com o Benfica a ser humilhado no Dragão, à 24.ª jornada, goleado por 5-0, culpa dos tentos de Galeno (20 e 44 minutos), Wendell (55) e, após a expulsão de Otamendi (62), de Pepê (75) e Danny Namaso (90).

Com este desaire, após 22 jogos sem perder na prova, o Benfica foi ultrapassado pelo Sporting, que, com um jogo a menos, ficou bem lançado para o título que, praticamente, sentenciou à 28.ª ronda, quando bateu em casa os ‘encarnados’ por 2-1.

As águias ainda ripostaram, por Bah (45+3 minutos), ao tento inaugural de Geny Catamo, com menos de 60 segundos cumpridos, mas o moçambicano acabou por decidir o dérbi, ao ‘bisar’ aos 90+1.

Já com o título perdido, o Benfica ainda conseguiu resgatar a vitória entre o top 4, ao vencer em casa o Sporting de Braga por 3-1, com Marcos Leonardo (71 e 90+5 minutos) e David Neres (85) a ‘darem a volta’ a Ricardo Horta (28).

A tabela dos jogos entre os quatro primeiros
A tabela dos jogos entre os quatro primeirosFlashscore

Um dia depois, o Sporting, único que perdeu pontos face ao bracarenses (1-1 fora e 5-0 em casa), ainda poderia ter ultrapassado o Benfica neste mini campeonato, mas empatou 2-2 no Dragão, resgatado pelo suplente Gyökeres, que ‘bisou’ (87 e 88 minutos), anulando os tentos de Evanilson (sete) e Pepe (41).

Apenas entre os três grandes, foi o único jogo que não acabou com triunfo caseiro, já que, em Alvalade, o Sporting tinha batido o FC Porto por 2-0, à 14.ª ronda, com tentos do sueco e - já após a expulsão do central portista Pepe - de Pedro Gonçalves.

Os leões foram, assim, os melhores entre o top-3, com sete pontos, contra seis do Benfica e quatro do FC Porto, falhando o triunfo no ‘top 4’ pelo empate em Braga (1-1, à quarta ronda), que ‘emendaram’, com juros, com Alvalade (5-0, à 21.ª).

Quanto ao FC Porto, que somou três pontos face ao Benfica e um frente ao Sporting, também logrou, como os encarnados, o pleno face ao SC Braga, ao vencer em casa por 2-0 e fora por 1-0, num jogo decidido por Galeno (84 minutos), muito tempo depois da expulsão do ‘arsenalista’ Victor Gómez (12).

Jogos entre os quatro primeiros:

4.ª jornada: SC Braga 1-1 Sporting

7.ª jornada: Benfica 1-0 FC Porto

11.ª jornada: Benfica 2-1 Sporting

14.ª jornada: SC Braga 0-1 Benfica

14.ª jornada: Sporting 2-0 FC Porto

17.ª jornada: FC Porto 2-0 SC Braga

21.ª jornada: Sporting 5-0 SC Braga

24.ª jornada: FC Porto 5-0 Benfica

28.ª jornada: Sporting 2-1 Benfica

31.ª jornada: Benfica 3-1 SC Braga

31.ª jornada: FC Porto 2-2 Sporting

34.ª jornada: SC Braga 0-1 FC Porto.