David Neres e o jogo 50 pelo Benfica: "É uma honra tremenda em tão pouco tempo"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
David Neres e o jogo 50 pelo Benfica: "É uma honra tremenda em tão pouco tempo"
David Neres cumpre segunda época no Benfica
David Neres cumpre segunda época no Benfica
SL Benfica
Depois de 48 jogos na época de estreia, David Neres foi utilizado por Roger Schmidt nas duas primeiras rondas do campeonato 2023/2024, atingindo a marca redonda da meia centena de partidas de águia ao peito. Numa altura em que se fala de uma possível saída da Luz, o extremo internacional brasileiro deu uma entrevista à BPlay, canal oficial do Benfica.

"Será o mesmo foco de sempre, com muita vontade independentemente de quantos minutos jogar. Estou determinado em ajudar o Benfica e fazer os fãs felizes. É uma honra tremenda completar 50 jogos em tão pouco tempo com uma camisola tão grande como a do Benfica. É um motivo de muito orgulho. Parte muito do trabalho e de me manter focado, independentemente de quanto tempo jogue, ter a cabeça no lugar e desempenhar um bom papel", afirmou David Neres, que falhou a Supertaça com o FC Porto, devido a lesão, tendo sido suplente utilizado com Boavista e Estrela da Amadora, tendo feito as duas assistências para os golos do Benfica diante do emblema tricolor.

Para trás, mas bem fresco na memória, fica o jogo de estreia, no ano passado, diante do Midtjylland, no triunfo por 4-1, igualmente com duas assistências.

"Estava muito focado. Não vinha de um bom particular e não estava muito satisfeito. Precisava de dar resposta, entrei muito focado em fazer um bom jogo. Esse jogo foi um dos melhores, se não mesmo o melhor da minha carreira", disse David Neres.

O extremo brasileiro, recorde-se, chegou ao Benfica oriundo do Shakhtar, da Ucrânia, e é agora alvo do Zenit, da Rússia, que terá avançado com uma oferta de 30 milhões de euros, rejeitada pelo emblema da Luz.