Destaques da 21.ª jornada do Brasileirão: Da falta fantasma ao mosaico na bancada

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Destaques da 21.ª jornada do Brasileirão: Da falta fantasma ao mosaico na bancada
No céu e na Terra: Didi, Garrincha e Nilton Santos
No céu e na Terra: Didi, Garrincha e Nilton Santos
Vítor Silva/Botafogo
A 21.ª jornada do Brasileirão teve momentos muito bons, momentos fora da caixa e, claro, mais casos relacionados com o VAR.

Confira abaixo o Top 5 da 21.ª jornada da Série A do Flashscore:

5) Arena MRV interrompe Felipão

O Galo inaugurou a sua nova arena com uma vitória sobre o Santos. Mas o estádio mostrou que ainda está meio inacabado: há pontos cegos, relvado ainda por consolidar e o som do alfifalante na conferência de imprensa. Luiz Felipe Scolari ficou com dor de cabeça.

4) Jogo com dois golaços (só um valeu)

Raphael Veiga fez um dos golos de livre mais bonitos do Brasileiro, na vitória do Palmeiras contra o Vasco por 1-0.

A equipe cruz-maltina também fez o seu golaço no jogo – um remate fortíssimo de Paulinho do meio da rua, no início da primeira parte. Mas o VAR encontrou um fora de jogo na jogada – ignorando a regra que diz que o VAR não pode rebobinar a fita para caçar um irregularidade em lances anteriores.

3) Amarelo por lançamento de chuteira

Quando o Grémio ganhava ao Cruzeiro por 1-0 (o jogo terminou 3-0), Luis Suárez tirou a chuteira no relvado para mostrar que havia sido pisado por um adversário.

Marlon não perdoou: agarrou na chuteira do uruguaio e lançou para fora do campo – e acabou por levar amarelo pela gentileza.

2) Mosaico pesadíssimo

Antes da vitória por 3-0 sobre o Bahia, a claque do Botafogo fez uma homenagem póstuma a adeptos e jogadores do clube, e levantou um enorme e emocionante mosaico com as lendas Didi, Garrincha e Nilton Santos.

Três lendas do futebol brasileiro reapareceram no Engenhão
Vitor Silva/Botafogo

1) Falta fantasma

Este lance vai entrar para a história do futebol. E mostrou que o árbitro Paulo César Zanovelli da Silva vê... assombrações.

No empate entre Corinthians e Goiás (1-1) em Itaquera, viu um fantasma derrubar dois jogadores ao mesmo tempo e não teve dúvidas: falta para o Goiás.