Mazzarri não aceita derrota: "É difícil dar uma explicação, dominámos a Juventus"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mazzarri não aceita derrota: "É difícil dar uma explicação, dominámos a Juventus"
Walter Mazzarri, treinador do Nápoles, considerou derrota injusta
Walter Mazzarri, treinador do Nápoles, considerou derrota injusta
AFP
O arrependimento é forte para o treinador do Nápoles, Walter Mazzarri, que não aceitou a derrota com a Juventus e recriminou o golo falhado por Kvaratskhelia.

Recorde as incidências da partida

"Os rapazes dominaram, obrigaram a Juventus a ficar na sua própria área durante quase toda a segunda parte. Só errámos ao não marcar o golo e ao perdermos o nosso homem na área: penso que uma equipa pouco mais podia fazer do que o Nápoles. São momentos assim, penso que a jogar assim podemos fazer uma série de resultados", afirmou Walter Mazzarri aos microfones da DAZN após a derrota dos partenopei em casa da Velha Senhora.

Uma das perguntas mais difíceis dizia respeito à situação atual do Nápoles, que, como campeão italiano, não está a fazer uma época à altura das expectativas.

"Acabei de chegar, é inútil falar do que aconteceu antes: se tudo estivesse a correr bem, não me teriam chamado, houve alguns problemas. Desde que cheguei, vi uma equipa que jogou sempre melhor do que as outras", defendeu o treinador.

Mazzarri recrimina sobretudo um momento que poderia ter mudado o jogo.

"A oportunidade de Kvara é clamorosa, se não conseguimos marcar aí compreende-se tudo: há momentos e momentos, acredito que se continuarmos neste caminho, com os jogadores importantes que encontram uma melhor condição, os componentes para ganhar voltarão todos", explicou Mazzarri.

"Quem conhece o futebol sabe que há momentos, é difícil dar uma explicação depois de um jogo como este", concluiu o treinador do Nápoles.