Negócio fechado: Vitinha deixa o Marselha e vai jogar no Génova

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Negócio fechado: Vitinha deixa o Marselha e vai jogar no Génova
Vitinha não se conseguiu impôr no Marselha
Vitinha não se conseguiu impôr no Marselha
AFP
Começaram a surgir esta segunda-feira rumores de que Vitinha poderia estar a trocar o Marselha pelo Génova. Questionado sobre o assunto em conferência de imprensa, Pablo Longoria confirmou as negociações com o clube italiano. De acordo com Gianluca di Marzio, especialista em mercado, o avançado será submetido a exames médicos esta terça-feira, antes de assinar um contrato de empréstimo com opção de compra.

Depois de ter chegado ao Marselha, proveniente do SC Braga, por um valor recorde (25 milhões de euros + 7 euros de bónus), Vitinha suportou o custo como um fardo e nunca conseguiu deixar a sua marca. Apesar de ter aproveitado a Taça das Nações Africanas para jogar um pouco, o português não está com a confiança em alta, e a sua falha no último minuto contra o Mónaco (2-2) finalmente convenceu os diretores do Marselha a encontrar um novo lugar para ele. Será o Génova.

Os números de Vitinha
Flashscore

Um duplo golpe para o Marselha

Esta segunda-feira, Pablo Longoria foi questionado sobre o caso do português, tal como o Flashscore noticiou, à margem da apresentação oficial de Quentin Merlin, e não escondeu a situação.

"É difícil impor-se no Marselha quando se é avançado. É verdade que estamos a falar com o Génova, há conversações em curso. Outros clubes estão interessados. Não estamos interessados num empréstimo direto. Com o Génova, há uma série de situações a resolver que podem tornar a situação interessante para nós. Por isso, abrimos a porta a todo o tipo de conversações", explicou.

Para Gianluca di Marzio, porém, a situação é clara: exatamente 364 dias depois de chegar a Marselha, Vitinha será submetido a exames médicos esta terça-feira, antes de assinar um empréstimo de seis meses, com opção de compra de 25 milhões de euros.

Os Rossoblù também devem contratar Ruslan Malinovskyi este inverno por 7 milhões de euros.