Rumores de mercado: Inter segue Taremi e faz oferta por Zielinski, Tottenham investe para chegar ao topo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Rumores de mercado: Inter segue Taremi e faz oferta por Zielinski, Tottenham investe para chegar ao topo

Piotr Zielinksi pode estar a caminho do Inter Milão
Piotr Zielinksi pode estar a caminho do Inter MilãoProfimedia
O especialista em transferências do TribalFootball, Rudy Galetti, traz-nos as últimas notícias do mercado do futebol, com a janela de janeiro a aproximar-se.

Inter Milão quer Buchanan e outras contratações estão à vista

A Inter Milão está a fechar o acordo com o Club Brugge para a compra de Tajon Buchanan. O extremo canadiano chega à Serie A por cerca de 12 milhões de euros, entre taxa fixa e bónus. O clube italiano monitorizou-o durante muito tempo e agora - devido à lesão de Juan Cuadrado- Beppe Marotta quis acelerar as coisas, para dar a Inzaghi uma alternativa de qualidade a Denzel Dumfries.

Antes de finalizar Buchanan - nas últimas semanas - o Inter também pediu informações sobre Arnau Martinez, do Girona - que continua na lista para o futuro - à luz da renovação do contrato de Dumfries: o vínculo do jogador neerlandês expira em 2025 e as conversações ainda estão em curso e não estão perto de um acordo.

Não só laterais: os nerazzurri estão muito ativos no mercado de transferências e estão também a explorar algumas oportunidades para reforçar o ataque. Mehdi Taremi - cujo contrato com o FC Porto expira no próximo verão - continua a ser o perfil preferido, mesmo que os dragões não esteja abertos a descontos e o orçamento do Inter possa não ser suficiente para o levar em janeiro.

Por fim, os nerazzurri também estão a trabalhar num novo médio para junho: o clube italiano está prestes a oferecer uma proposta de 3+1 anos a Piotr Zielinski.

O polaco, cujo contrato com o Nápoles termina no final da época, não está satisfeito com a proposta de renovação e poderá sair como jogador livre.

Spurs em busca de mais reforços

Depois de um mês de novembro para esquecer - com três derrotas em três jogos da Premier League -, o Tottenham voltou a jogar bem e a ganhar, reentrando na corrida pelos lugares da Liga dos Campeões, graças às vitórias contra Newcastle, Nottingham e Everton.

A apenas seis pontos do líder Liverpool, os Spurs já estão a trabalhar no mercado de transferências - tanto no inverno como para no verão - com o objetivo de reforçar o plantel, sobretudo na defesa e no ataque.

Tosin Adarabioyo, do Fulham, e Jean-Clair Todibo são dois dos centrais monitorizados já para janeiro, ainda que o Manchester United esteja a liderar a corrida pelo jogador do Nice. A chegada de Jim Ratcliffe - também proprietário da equipa francesa, que pede cerca de 50 a 60 milhões de euros para deixar sair Jean-Clair - irá certamente facilitar a possível transferência do defesa para os Red Devils.

Voltando ao Tottenham, vamos também estar atentos às possíveis movimentações para o próximo verão: o avançado do Feyenoord, Santiago Gimenez, continua no topo da lista como possível reforço de ataque e os Spurs planeiam dar passos concretos em breve.

Juventus vai ao mercado na luta pelo Scudetto

Em segundo lugar na classificação da Série A, apenas quatro pontos atrás do Inter, a Juventus parece ser o único rival real dos nerazzurri no Campeonato Italiano. Por esta razão, os Bianconeri já estão a planear a janela de transferências de inverno, para reforçar o plantel e dar a Allegri a oportunidade de se manter na corrida até ao final da época.

A palavra-chave do mercado dos Bianconeri é "sustentabilidade financeira", com soluções de baixo custo ou transferências por empréstimo, sem esquecer de melhorar o nível do plantel.

Kalvin Phillips, nesta perspetiva, continua a ser uma opção complicada: O Manchester City não está aberto a um empréstimo com opção de compra e, além disso, a atenção do Newcastle e do Bayern é cada vez mais insistente. Também em Inglaterra, a Juventus continua em contacto com o Manchester United por Jadon Sancho. No entanto, mesmo nesta operação, as exigências do jogador são elevadas e só um empréstimo com um salário partilhado com o seu atual clube poderia desbloquear a situação.

É por isso que estão a surgir outros perfis, como Georgiy Sudakov do Shakhtar Donetsk: os Bianconeri gostam muito do jogador e vão tentar encontrar uma solução nas próximas semanas com a equipa ucraniana. Na defesa, Strahinja Pavlovic (RB Salzburg), Jakob Kiwior (Arsenal) e Mario Hermoso - cujo contrato com o Atlético de Madrid termina em junho de 2024 e ainda não há acordo sobre a possível renovação - estão na lista.

Futuro incerto para Juan Miranda

Já falámos sobre isto há um mês: o futuro de Juan Miranda - neste momento - é uma questão entre o Real Betis e o AC Milan. O clube espanhol tem vindo a discutir a renovação do seu contrato, que expira em junho, há já algum tempo, enquanto os rossoneri abordaram o lateral-esquerdo já no verão passado, para perceber a margem de negociação.

No entanto, em comparação com as últimas atualizações, houve desenvolvimentos interessantes que podem mudar definitivamente o destino do jogador espanhol. A última - e derradeira - proposta apresentada pelo Betis para prolongar o acordo até, pelo menos, 2025 foi considerada insuficiente e demasiado baixa por Miranda. Apesar do desejo do jogador de continuar a vestir a camisola dos Verdiblancos, estas condições não permitem - de momento - continuar a negociação.

O lateral-esquerdo, que será um jogador livre no final da época, retomou assim o contacto com o AC Milan que, mais do que qualquer outra equipa, demonstrou um interesse concreto no atleta e, até à data, parece estar na pole position para a sua chegada no verão. Mais complexa, no entanto, é uma possível transferência já em janeiro: o clube espanhol continua a pedir entre 5 a 7 milhões de euros para o deixar sair, uma quantia que os rossoneri não quereriam gastar, apesar das muitas lesões na defesa.