Serie A: Rafael Leão resolve em Milão (1-0), Juventus cai em Sassuolo (4-2)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Serie A: Rafael Leão resolve em Milão (1-0), Juventus cai em Sassuolo (4-2)
Atualizado
Rafael Leão deu a vitória ao AC Milan
Rafael Leão deu a vitória ao AC Milan
AFP
O internacional português Rafael Leão marcou o golo que deu a vitória ao AC Milan frente ao Hellas Verona, num sábado em que a Juventus caiu com estrondo na visita a Sassuolo (4-2) e a Lazio não conseguiu sair do empate na receção ao Monza (1-1).

Lazio 1-1 Monza

Os biancocelesti entraram no jogo no seu melhor, tornando-se imediatamente perigosos contra uma equipa de Monza, com Dany Mota, que, no entanto, conseguiu manter as suas linhas e evitar oportunidades para os adversários. O golo apareceu aos 12 minutos, quando uma falta na área sobre Zaccagni levou Ciro Immobile a assinar o primeiro golo a partir da marca dos 11 metros.

O golo, no entanto, não esmoreceu os comandados de Palladino, que se tornaram imediatamente perigosos e chegaram ao golo aos 18 minutos, com um remate de Dany Mota que foi considerado fora de jogo. Foram necessários mais 18 minutos para aparecer o empate: aos 36 minutos, Gagliardini foi servido por Ciurria na marca de grande penalidade e bateu Provedel para assinar o empate.

Classificação atual
Flashscore

Na segunda parte, Sarri fez uma série de alterações para reacender a chama da sua equipa, que tinha aparecido um pouco manchada nos últimos minutos da primeira parte. O último quarto de hora ofereceu uma série de emoções, de ambos os lados, com as duas equipas cada vez mais esticadas. Nada, no entanto, serviu para desbloquear o resultado.

Sassuolo 4-2 Juventus

Depois do desastre da temporada passada, a Juventus arrancou a temporada 2023/24 da melhor forma possível, concedendo apenas um empate em Bolonha nas quatro primeiras jornadas. No entanto, Allegri não estava convencido e, na antecâmara da visita a Sassuolo, pediu calma e "pés no chão".

Tinha razão o técnico, visto que este sábado os bianconeri entraram com o pé e a mão esquerda no relvado dos neroverdi. Logo aos 12 minutos, Lauriente arriscou de longe, a bola fez um efeito estranho e dirigiu-se a Wojciech Szczesny que, de alguma forma, na tentativa de socar conseguiu colocar a bola por entre as suas próprias pernas.

A festa não durou muito tempo, já que Matías Viña desviou para a própria baliza um cruzamento de Chiesa, aos 21. Ainda assim, antes do intervalo, a figura de proa da equipa do Sassuolo, o capitão Domenico Berardi, devolveu a vantagem aos anfitriões, com um remate colocado à entrada da área. Recorde-se que o único clube que Berardi representou além do Sassuolo foi, precisamente, a Juve.

Estatísticas do encontro
Flashscore

No segundo tempo, depois de muito tentar, a Juve conseguiu arrancar a ferros o empate, aos 78 minutos, por intermédio do sempre irrequieto Chiesa, que ainda beneficiou de um desvio. No entanto, logo a seguir, Berardi disparou para uma defesa incompleta de Szczesny, que Pinamonti agradeceu para recolocar os anfitriões em vantagem.

Numa luta contra o tempo, a Vecchia Signora arriscou tudo para procurar o empate, mas esqueceu-se do princípio básico de olhar antes de passar, com Gatti a proporcionar um momento caricato que entrará nos bloopers dos próximos anos. A Juve beneficiou de um livre junto à sua própria bandeirola de canto, Szczesny assumiu a marcação com um passe para o defesa que, de primeira, passou em direção à baliza... deserta. 4-2 para o Sassuolo e um flashback da Juventus do ano passado. 

AC Milan 1-0 Hellas Verona

Depois da derrota pesada no derby della Madonnina (5-1) e do empate na estreia europeia na receção ao Newcastle (0-0), os rossoneri voltaram ao caminho das vitórias comandados pelo suspeito do costume.

Aos oito minutos, Rafael Leão puniu um erro na construção do Hellas Verona, com Giroud a lançar a velocidade do português que, perante o guarda-redes Montipo, não deu hipótese e desviou para o fundo das redes. Foi o terceiro golo em cinco jogos na Serie A esta temporada.

Ainda assim, a turma de Stefano Pioli não convenceu na receção a um adversário que já esta temporada venceu a Roma, de José Mourinho. Os milaneses limitaram-se a segurar a vantagem e produziram uma segunda parte muito aborrecida.

As estatísticas no final do encontro
Flashscore