Râguebi: Sam Cane, capitão dos All Blacks, termina percurso na seleção

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Râguebi: Sam Cane, capitão dos All Blacks, termina percurso na seleção

Sam Cane em dezembro de 2023 no Japão.
Sam Cane em dezembro de 2023 no Japão.KOKI NAGAHAMA/Getty Images via AFP
O capitão da seleção neozelandesa de râguebi, Sam Cane, vai retirar-se da seleção internacional de râguebi no final de 2024, pondo fim a uma carreira internacional de 12 anos.

"Depois de ter disputado 95 jogos, dos quais 27 como capitão, o jogador de 32 anos decidiu passar mais tempo com a família e assinar um contrato de longa duração com o Suntory Goliaths de Tóquio", declarou a Nova Zelândia Rugby em comunicado.

O anúncio da sua retirada da seleção não é uma grande surpresa, uma vez que o capitão dos All Blacks não veste a camisola da Nova Zelândia desde a derrota na final do Campeonato do Mundo, em outubro. 

Depois do Mundial, Sam Cane anunciou em novembro que iria tirar um ano sabático e suspender a sua carreira internacional durante alguns meses para jogar no clube japonês Tokyo Sungoliath, mas os adeptos neozelandeses esperavam que ele voltasse a jogar pelo seu país. Mas Sam Cane disse que o contrato de três anos com o clube japonês era uma oportunidade que ele não queria deixar passar.

"Tive de pesar os prós e os contras e, no final, com uma família jovem, pareceu-me a melhor decisão para preparar o nosso futuro. Foi uma decisão muito difícil de tomar porque adoro as equipas que represento aqui na Nova Zelândia", justificou.

Sam Cane venceu nomeadamente o Campeonato do Mundo de 2015 com os All Blacks, pelos quais foi nomeado capitão em 2020, sucedendo a Kieran Read.

O técnico Scott Robertson disse que os dois conversaram longamente sobre a decisão de Sam Cane: "Compreendo  perfeitamente as razões da sua decisão e apoio-o".

"O trabalho que ele faz é muito exigente mental e fisicamente (...) É por isso que fazer o que ele fez durante um período tão longo de tempo é uma conquista incrível. Respeito totalmente o facto de ele ter aproveitado esta oportunidade", acrescentou Scott Robertson.

Sam Cane regressará à seleção neozelandesa no final da época com o clube japonês Tokyo Sungoliath, e será elegível para a seleção com os Blacks até ao final de 2024, mas deixará de ser capitão.