Djokovic assume a responsabilidade pela eliminação da Sérvia na Taça Davis

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Djokovic assume a responsabilidade pela eliminação da Sérvia na Taça Davis
Djokovic perdeu com a Sérvia nas meias-finais das finais da Taça Davis
Djokovic perdeu com a Sérvia nas meias-finais das finais da Taça Davis
Profimedia
Novak Djokovic assume a responsabilidade pela eliminação da Sérvia na meia-final da Taça Davis contra a Itália. O número um do mundo falhou três match points no seu jogo contra Jannik Sinner e acabou por perder.

Djokovic quase acabou com o adversário italiano no segundo jogo de singulares. Estava a ganhar por 5-4 no terceiro e decisivo set, mas perdeu por 5-7. Juntamente com Miomir Kecmanovic, que tinha colocado a Sérvia a ganhar por 1-0 no início do dia, Djokovic também perdeu o jogo de pares decisivo para Sinner e Lorenzo Sonego.

"É muito dececionante. Assumo a responsabilidade, claro, depois de três match points e de ter estado tão perto", disse Djokovic: "É uma pena. Mas o desporto é assim. Quando se perde pelo o nosso país, o sentimento de amargura é ainda maior."

Djokovic revelou que é "difícil de engolir" o facto de a Sérvia, depois da sua única vitória em 2010, não poder somar um segundo título nas finais da Taça Davis. 

"Sei que Jannik é um bom jogador, mas pensei que ele poderia jogar menos nas duplas, mas não foi o que aconteceu", disse Djokovic: "O seu nível manteve-se extremamente elevado e no final de singulares, no terceiro set, tive muitas oportunidades para o quebrar. Vez após vez, ele encontrou o serviço certo".

O sérvio felicitou Sinner, que o derrotou três vezes em quatro jogos num espaço de 11 dias. Sinner venceu na fase de grupos do ATP Finals, mas Djokovic conseguiu ganhar a final ao italiano. "Eles mereceram, jogaram bem, especialmente Jannik. Tanto em singulares como em pares", acrescentou Djokovic: "Ele quase não falhou uma bola... então só se pode dizer 'parabéns'".