Ana Peleteiro criticada pelas últimas palavras: "No atletismo, os negros são fixes"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ana Peleteiro criticada pelas últimas palavras: "No atletismo, os negros são fixes"
Ana Peleteiro explicou palavras no podcast Entre el Cielo y las Nubes
Ana Peleteiro explicou palavras no podcast Entre el Cielo y las Nubes
Profimedia
A atleta galega do triplo salto fez algumas declarações polémicas durante a sua intervenção no podcast de Laura Escanes.

Ana Peleteiro sempre foi conhecida por expressar claramente a sua opinião sobre questões como o racismo ou o sexismo. Por esse motivo, foi muitas vezes alvo de críticas de diferentes setores da população que não concordam com as opiniões da atleta.

Na sua participação no podcast Entre el Cielo y las Nubes, apresentado por Laura Escanes, modelo espanhola, a medalhista olímpica (bronze) em Tóquio 2020 voltou a deixar mais um desses momentos que desagradaram a mais do que uma pessoa.

O que era uma brincadeira sem malícia, mas com toda a intenção de sensibilizar o mundo, acabou por se tornar viral nas redes sociais: "Não. É que no atletismo os pretos correm mais", respondeu Peleteiro quando questionada sobre a existência de racismo no atletismo. "No atletismo, os negros são fixes. No atletismo, os brancos vestem-se de pretos, sabe?", ironizou.

"O coitadinho do branco que corre 100 metros é do tipo: 'querido, não, não venhas', percebes?", disse, continuando a piada, que depois justificou.

"Estou a brincar, mas não há racismo no atletismo. Pode haver classismo se fores americano ou se fores do Burkina Faso. Mas se um corredor do Burkina Faso chega e está 200 metros à frente do segundo corredor, então todo o estádio, 70.000 pessoas, acena-lhe e não importa a sua cor, a sua religião ou o seu país", concluiu.

Menções