NBA: Celtics (112-129) e Mavs (123-113) aumentam sequência de triunfos, Jokic brilha (130-110)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
NBA: Celtics (112-129) e Mavs (123-113) aumentam sequência de triunfos, Jokic brilha (130-110)
Jokic em ação pelos Nuggets
Jokic em ação pelos Nuggets
Profimedia
Boston Celtics e Dallas Mavericks voltaram à ação após a pausa para o All-Star, com ambas as equipas a alcançarem as suas sétimas vitórias consecutivas na NBA.

Dallas Mavericks 123-113 Phoenix Suns

Luka Doncic marcou 41 pontos, nove ressaltos e 11 assistências e Kyrie Irving somou 29 pontos para os Mavs na vitória em casa por 123-113 sobre os Phoenix Suns.

Em Dallas, os Mavericks também estavam a perder por três no intervalo, mas abriram o terceiro quarto com uma sequência de 16-0 para ganharem uma vantagem de dois dígitos e não voltaram a perder.

Devin Booker, com 35 pontos e Kevin Durant, com 23, ainda tentaram evitar o desaire, mas os Suns não conseguiram suster os Mavs no final, com Irving a levar a liderança de Dallas de volta para dois dígitos no início do quarto período.

Com a vitória, os Mavs igualaram o recorde de 33-23 de Phoenix.

Chicago Bulls 112-129 Boston Celtics

Derrick White marcou 28 pontos e Jayson Tatum fez 25 para liderar os Celtics, que aproveitaram um grande terceiro período para assumir o controlo na vitória por 129-112 sobre os Bulls em Chicago, numa partida que não contou com o português Neemias Queta.

Parecia tudo normal para o líder da liga, o Boston, que chegou a ter 16 pontos de vantagem no primeiro quarto. Mas os Bulls ultrapassaram-nos em 39-28 no segundo período e lideravam por três no intervalo, antes de os Celtics recuperarem o controlo.

White e Tatum marcaram cinco vezes desde os três pontos cada. Nikola Vucevic liderou o conjunto de Chicago com 22 pontos e 14 ressaltos, mas os Bulls não tiveram resposta quando o Boston se fechou defensivamente na segunda parte.

Denver Nuggets 130-110 Washington Wizards

Em Denver, Nikola Jokic entrou para a história da NBA ao tornar-se o terceiro jogador a registar pelo menos um triplo-duplo contra todas as equipas que defrontou na liga, na vitória por 130-110 sobre o Washington Wizards.

Jokic teve um aproveitamento perfeito de 10 em 10 de lançamentos de campo, acabando com um registo de 21 pontos, 19 ressaltos e 15 assistências.

Mais importante ainda, o atual campeão Nuggets acabou com a série de três derrotas consecutivas que teve antes da pausa para o All-Star.

Sacramento Kings 127-122 San Antonio Spurs

Domantas Sabonis, de Sacramento, fez o seu 19.º triplo-duplo com 22 pontos, 11 ressaltos e 11 assistências na vitória dos Kings (127-122) sobre os San Antonio Spurs.

Golden State Warriors 128-110 Los Angeles Lakers

Stephen Curry, estrela de Golden State, marcou seis vezes de três pontos e somou 32 pontos, levando os Warriors à vitória por 128-110 sobre a equipa dos Los Angeles Lakers, que não contou com LeBron James - que ficou de fora devido a uma lesão no tornozelo.

Curry deu o mote logo no início, fazendo seis de oito lançamentos, incluindo quatro de três pontos, para marcar 16 pontos no primeiro quarto. O base acrescentou oito assistências e tornou-se o primeiro Warrior com 6.000 pontos na temporada regular.

Anthony Davis marcou 27 pontos e 15 ressaltos para liderar os Lakers, cuja série de três vitórias consecutivas terminou.

Oklahoma City Thunder 129-107 Los Angeles Clippers

Em Oklahoma City, Shai Gilgeous-Alexander marcou 31 pontos e levou os Thunder a uma vitória por 129-107 sobre os Los Angeles Clippers, num confronto entre concorrentes da Conferência Oeste.

Lu Dort acrescentou 19 pontos, com todos os cinco titulares a marcarem dois dígitos para os Thunder, que ficaram a um jogo do líder do Oeste, Minnesota.

Toronto Raptors 121-93 Brooklyn Nets

A mudança de treinador em Brooklyn não trouxe uma mudança rápida, com os Nets a perderem por 121-93 para os Raptors em Toronto, no seu primeiro jogo desde que Kevin Ollie assumiu o cargo de treinador interino depois de Jacque Vaughn ter sido despedido.