Conselho de Disciplina da FPF instaura processo disciplinar a Vlachodimos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Conselho de Disciplina da FPF instaura processo disciplinar a Vlachodimos
Vlachodimos pode jogar a Supertaça
Vlachodimos pode jogar a Supertaça
AFP
O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta terça-feira a abertura de um processo disciplinar a Odysseas Vlachodimos, na sequência de palavras proferidas pelo guarda-redes grego do Benfica sobre o FC Porto.

Essas declarações de Vlachodimos foram feitas após a partida entre os dois clubes, no Estádio do Dragão, referente à primeira volta do campeonato da época passada, que as 'águias' venceram por 1-0, mas apenas exibidas pelo Benfica no documentário de final de época.

No comunicado divulgado por aquele organismo jurisdicional pode ler-se que estão em causa “eventual inobservância de outros deveres e eventual lesão da honra e da reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros” por parte do guarda-redes do Benfica.

O CD da FPF, que em junho já tinha instaurado um processo de inquérito ao guarda-redes grego na sequência dessas declarações, converteu-o agora em processo disciplinar por entender que existe matéria para o efeito, o que poderá culminar com um castigo ao jogador ou com o arquivamento daquele.

Seja como for, não está em risco a participação de Vlachodimos na Supertaça com o FC Porto, marcada para quarta-feira, no Estádio Municipal de Aveiro, a partir das 20:45, uma vez que ambas as partes terão de ser ouvidas e podem ser apresentadas provas no decorrer do processo.