Carlos Sainz vai correr em casa no GP de Espanha: "Espero um grande resultado"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Carlos Sainz vai correr em casa no GP de Espanha: "Espero um grande resultado"
Carlos Sainz, piloto da Ferrari, vai correr em casa no próximo fim de semana
Carlos Sainz, piloto da Ferrari, vai correr em casa no próximo fim de semana
Profimedia
Depois de Monte Carlo, em casa de Leclerc, eis a Espanha, casa de Sainz. O resultado no Principado não foi entusiasmante para a Ferrari, mas no domingo vão tentar dar o salto em frente, mesmo com algumas atualizações no carro. Será um fim-de-semana "especial" para Carlos Sainz, que terá a maioria dos adeptos do seu lado no circuito de Montmelò, com um sector inteiro dedicado aos seus apoiantes.

Será um fim de semana "especial" para Carlos Sainz, que terá a maioria dos adeptos do seu lado no circuito de Montmelò, com um setor inteiro dedicado aos seus apoiantes.

"Estou muito feliz por ter podido organizar a 'Grada CS55' novamente este ano em Barcelona", disse Carlos Sainz sobre a estrutura que será ocupada pelos seus apoiantes. 

"Os fãs espanhóis são obviamente muito especiais para mim e é ótimo ter um setor dedicado a eles. Só há um defeito... é demasiado pequeno! No entanto, sei que mesmo fora dessa bancada haverá muitos apoiantes para mim, para tornar esta corrida ainda mais única. Não é fácil explicar o que significa correr no nosso próprio país, diria simplesmente que é muito especial. A todos os fãs prometo o máximo empenho em proporcionar um bom espetáculo em pista e trazer para casa um grande resultado", desejou Carlos Sainz.

Vasseur: "Corrida de Barcelona dará imagem mais exata"

O chefe de equipa da equipa de Maranello, Frederic Vasseur, também reiterou a sua confiança e otimismo.

"Também neste fim de semana vamos poder contar com o apoio especial dos fãs de um dos nossos pilotos, que nos vão levar a dar o nosso melhor numa das pistas mais famosas da Fórmula 1", disse Vasseur.

"No Mónaco, não conseguimos mostrar o verdadeiro potencial do nosso carro e acreditamos que a corrida de Barcelona nos dará uma imagem mais precisa, especialmente porque continuamos a fazer atualizações como sempre fizemos nas corridas realizadas até agora. Estamos a contar progredir em termos de competitividade na corrida e esperamos trazer para casa um bom resultado de equipa", explicou o chefe da Ferrari.