Adeptos do Groningen banidos dos dois últimos jogos da Eredivisie

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Adeptos do Groningen banidos dos dois últimos jogos da Eredivisie
Groningen sem público na despedida do principal escalão
Groningen sem público na despedida do principal escalão
Profimedia
O Groningen, já despromovido, vai disputar os dois últimos jogos da época sem a presença de qualquer adepto, devido a problemas recorrentes com os seus adeptos, informou eata quarta-feira o clube da Eredivisie neerlandesa.

O jogo em casa do Groningen contra o NEC Nijmegen, em abril, foi suspenso quando um copo de cerveja foi atirado contra o árbitro assistente.

Na partida da semana passada, contra o Ajax, o jogo foi suspenso aos nove minutos, depois de terem sido atirados foguetes para o relvado.

Ambos os jogos acabaram por serem retomados e concluídos à porta fechada.

"Após uma discussão com o presidente da Câmara de Groningen, Koen Schuiling, ambas as partes chegaram à conclusão de que, dadas as circunstâncias, o FC Groningen também jogará os dois últimos jogos da liga desta época sem público", declarou o Groningen num comunicado.

Não serão então permitidos adeptos no jogo em casa do Groningen contra o Sparta de Roterdão, a 28 de maio, e o clube foi também proibido de levar adeptos visitantes para o jogo com o Vitesse, no domingo.

A agitação entre os adeptos deve-se ao facto de o clube ter sido despromovido à segunda divisão do futebol neerlandês, pela primeira vez em 23 anos.

Aos olhos de muitos, a direção do Groningen é a culpada por esta época desastrosa para um clube que, há alguns anos, lutava para jogar nas competições europeias.