Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Euro-2024: 10 velhos roqueiros que podem disputar o seu último Europeu

Cristiano Ronaldo faz 40 anos no próximo ano
Cristiano Ronaldo faz 40 anos no próximo anoAFP
De Luka Modric a Cristiano Ronaldo. Estes são os grandes nomes do futebol que poderão enfrentar a sua última dança na competição continental.

O Euro 2024 na Alemanha (14 de junho a 14 de julho) será quase de certeza a despedida destas 10 estrelas, algumas delas lendas do futebol europeu.

Luka Modric (38 anos) - Croácia

Vai disputar o seu quinto Campeonato da Europa e, com a sua idade, tudo parece indicar que será o último, mas com ele nunca se sabe. Há alguns meses, teve um pé e meio fora do Real Madrid e acabou por renovar o contrato. Continua a ser decisivo quando está em boas condições físicas, e é por isso que será muito útil para a Croácia. Desde 2008, disputou 13 jogos na competição e marcou três golos.

Olivier Giroud (37) - França

Um veterano que confirmou a sua despedida dos Bleus após o torneio. Com a sua retirada da seleção francesa, despediu-se do Milan. A sua carreira vai continuar fora do Velho Continente, mas parte com um Campeonato do Mundo (2018) debaixo do braço e com fortes hipóteses de disputar o título na Alemanha. Foi vice-campeão em 2016 e vai para a sua quarta participação. Tem 11 jogos e três golos marcados.

Cristiano Ronaldo (39) - Portugal

Uma das maiores lendas desta lista. Saiu para a Arábia Saudita há um ano e meio, mas continua a ser extremamente competitivo. Acabou de bater o recorde de golos de sempre da Liga saudita numa época e detém vários recordes da seleção nacional. Continua a ser um valor inestimável para Portugal e Roberto Martinez não tem dúvidas quanto ao seu contributo antes do Europeu. Conquistou o título em 2016 e ninguém jogou mais do que CR7 neste torneio, somando 25 presenças, duas finais, 14 golos e nove assistências em cinco edições.

Toni Kroos (34) - Alemanha

O homem do momento. Anunciou a sua retirada antes da final da Liga dos Campeões com o Real Madrid. Optou por deixar o futebol em grande estilo, com uma última dança com a Mannschaft no seu país natal. A ideia é encerrar uma carreira brilhante da mesma forma que terminou a sua passagem pelos merengues, levantando um troféu. Este será o quarto Campeonato da Europa para o lendário "8", que revitalizou a equipa desde o seu regresso. Conta com 14 jogos em fases finais de Europeus.

Pepe (41) - Portugal

Se o seu amigo Cristiano Ronaldo é o primeiro com mais jogos no torneio internacional que se vai disputar este verão, ele é o segundo. 19 jogos em quatro edições para um defesa-central que continua a atuar ao mais alto nível depois dos 40 anos. De facto, este ano, tornou-se o jogador de campo mais velho a disputar um jogo da Liga dos Campeões. Até ao momento, marcou dois golos.

Jesus Navas (38) - Espanha

O lateral-direito espanhol que parece ter bebido da fonte da eterna juventude. No entanto, é 100% certo que esta será a sua última grande competição pela Espanha, uma vez que irá pendurar as chuteiras com a camisola do seu clube de sempre, o Sevilha, no final deste ano. Demorou algum tempo a entrar na dinâmica habitual de La Roja, mas teve tempo suficiente para ganhar um Mundial (2010), um Europeu (2012) e uma Liga das Nações (2023). Curiosamente, 2012 foi a sua única participação na competição continental. Disputou três jogos e marcou um golo.

Kasper Schmeichel (37) - Dinamarca

Tornou-se um guarda-redes icónico quando ajudou o Leicester City a vencer a Premier League contra todas as probabilidades em 2016. As suas prestações ao longo dos anos permitiram-lhe escapar à longa sombra do pai, que conquistou o troféu internacional com a Dinamarca (1992). Esteve presente em dois Campeonatos da Europa (2012, 2020, disputado em 2021), mas só jogou no segundo, onde chegou às meias-finais.

Robert Lewandowski (35 anos) - Polónia

Indiscutivelmente, depois de Cristiano Ronaldo, o mais voraz goleador europeu dos últimos 15 anos. Continua a marcar onde quer que vá e, presumivelmente, despedir-se-á da seleção nacional após o Mundial de 2026, por isso aproveite esta oportunidade para apreciar mais uma vez o seu faro para o golo. Fez três presenças no torneio, disputando 11 jogos e marcando cinco golos.

Marko Arnautovic (35 anos) - Áustria

Se pensarmos num daqueles génios incompreendidos que sempre existiram ao longo da história, o austríaco é um deles. O prazer proibido dos adeptos que procuram algo diferente do cânone estabelecido. Por vezes conflituoso e outras vezes brilhante, participou em dois Campeonatos da Europa e marcou um golo.

Axel Witsel (35 anos) - Bélgica

O belga deu a volta ao mundo e, aos 35 anos, continua a jogar a grande nível no Atlético de Madrid. Cholo Simeone deu-lhe mais alguns anos de bom futebol, convertendo-o em defesa-central. É um dos poucos sobreviventes da geração de ouro da Bélgica e vai para o seu terceiro Europeu, competição em que já marcou um golo.