Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Euro-2024: Sylvinho diz que a "Albânia também está sob pressão"

Sylvinho consciente da missão difícil, mas quer passar o grupo
Sylvinho consciente da missão difícil, mas quer passar o grupoAFP
O selecionador brasileiro da Albânia, Sylvinho, rejeitou esta sexta-feira a ideia de que a sua equipa não tem nada a perder no Euro-2024, cujo primeiro jogo é no sábado contra a campeã Itália: "Nós também estamos sob pressão", insistiu.

Acompanhe aqui as incidências do encontro

A Albânia enfrenta a Itália, a Croácia e a Espanha na segunda presença num Campeonato Europeu da sua história e logo no grupo mais difícil da primeira fase.

"Nós também estamos sob pressão, viemos aqui para ganhar jogos", disse Sylvinho em conferência de imprensa antes do confronto com os atuais campeões europeus.

O treinador brasileiro, campeão europeu pelo Barcelona, com passagens ainda por Arsenal e Manchester City, além de ter treinado Lyon e Corinthians, está no comando da Albânia desde 2023 e sublinhou repetidamente as ambições da sua equipa.

"Estamos num grupo difícil, estamos conscientes disso, mas vamos dar tudo o que temos e fazer o nosso melhor para ganhar pontos e ter o melhor torneio possível. Este primeiro jogo é decisivo para a Itália, menos para nós, mas isso não significa que vamos entrar sem ambições", avisou o ex-internacional brasileiro.

O capitão da Albânia, Berat Djimsiti, como nove dos companheiros de equipa, atua na Série A e vai enfrentar o seu companheiro da Atalanta, Gianluca Scamacca.

"Pode ajudar a conhecer os jogadores italianos e o futebol italiano, mas o que mais me vou lembrar é que vamos jogar contra uma equipa que, quando participa num torneio, joga para o ganhar. Os três jogos (do grupo) são importantes, mas é verdade que este primeiro jogo pode dar-nos muita confiança e determinar o nosso destino neste grupo", disse o defesa.

A Albânia qualificou-se para o Euro-2024 ao terminar no primeiro lugar do grupo, à frente da República Checa e da Polónia.

Na primeira participação num Euro, em 2016, terminou no 3.º lugar do seu grupo, atrás da França e da Suíça, mas à frente da Roménia, que derrotou (1-0).

Acompanhe o relato áudio através da app ou site
Acompanhe o relato áudio através da app ou siteFlashscore