Falso alarme: UEFA confirma à Grécia que não existiu teste anti-doping positivo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Falso alarme: UEFA confirma à Grécia que não existiu teste anti-doping positivo

Grécia perdeu com a Geórgia
Grécia perdeu com a GeórgiaAFP
O caso estava a começar a criar ondas de choque no futebol helénica. O organismo que regula o futebol europeu acabou com a especulação.

Horas depois de ter sido revelado que, alegadamente, um jogador grego testou positivo após o jogo com a Geórgia, na final do play-off para o Euro-2024, a UEFA veio desmentir a situação. De acordo com o Sport24, a Federação de Futebol da Grécia recebeu a confirmação oficial que não existiu nenhum teste positivo.

O cenário estava a gerar polémica, com vários jogadores a ser apontados como os potenciais infratores. Fotis Ioannidis, que recentemente foi apontado ao Sporting usou mesmo as redes sociais para denunciar acusações que vai tomar medidas jurídicas.

O avançado do Panathinaikos foi titular diante da Geórgia e cumpriu os 90 minutos.