LaLiga: João Félix e João Cancelo nomeados para o melhor golo do ano

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

LaLiga: João Félix e João Cancelo nomeados para o melhor golo do ano

O pontapé acrobático de João Félix está nomeado para golo do ano
O pontapé acrobático de João Félix está nomeado para golo do anoProfimedia
Os portugueses João Félix e João Cancelo, ambos do Barcelona, estão entre os nomeados para a categoria de melhor golo dos prémios anuais da LaLiga, foi anunciado pelo organismo esta quarta-feira.

A LaLiga revelou os nomeados para os seus prémios anuais, que serão entregues em conjunto com os KAFD Globe Soccer European Awards, numa gala que vai decorrer em 28 de maio na Sardenha, Itália.

Vão ser distinguidos o melhor jogador, melhor treinador, melhor golo e melhor jogador sub-23, para além das distinções especiais para a equipa da época e para o campeão em 2023/24, título conquistado pelo Real Madrid.

Para além de João Cancelo e João Félix, estão na corrida pelo melhor golo do ano Depay (Atlético de Madrid), Saúl Coco (Las Palmas), Aitor Ruibal (Betis), Jesus Areso (Osasuna), Vinicius Júnior (Real Madrid) e Lamine Yamal (FC Barcelona).

Para o galardão de jogador do ano estão nomeados Robert Lewandowski (FC Barcelona), Jude Bellingham e Vinicius Júnior, ambos do já campeão Real Madrid, Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Isco Alarcón (Betis), Kubo (Real Sociedad), Dovbyk e Aleix García, do Girona, Kirian (Las Palmas) e Sorloth (Villarreal).

Lamine Yamal e Cubarsí, do FC Barcelona, Javi Guerra (Valência), Rodrygo (Real Madrid), Couto, Miguel Gutiérrez e Savinho, do Girona, Johnny (Betis), Nico Williams (Athletic Bilbau) e Kubo (Real Sociedad) concorrem ao troféu de melhor jogador sub-23.

Por fim, Carlo Ancelotti (Real Madrid), Míchel (Girona), Diego Simeone (Atlético de Madrid), Ernesto Valverde (Athletic Bilbau) e Marcelino García Toral (Villarreal) disputam o prémio de melhor treinador.

"Os prémios da LaLiga são a cereja no topo do bolo de uma época de grande nível, em que os lugares cimeiros foram especialmente competitivos, com alguns clubes a surpreenderem graças ao seu bom trabalho. Poder organizar a gala final em conjunto com a GSA Europe é também um marco, uma vez que o seu trabalho neste domínio tem grande prestígio na indústria do desporto", afirmou Javier Tebas, presidente da Liga espanhola.

Os vencedores são escolhidos através de um sistema de votação entre os adeptos, os próprios capitães dos clubes e um painel de especialistas a partir da lista de nomeados.