Vinicius não joga este fim de semana mas volta a pronunciar-se sobre o racismo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Vinicius não joga este fim de semana mas volta a pronunciar-se sobre o racismo

Vinicius Junior, avançado do Real Madrid
Vinicius Junior, avançado do Real MadridAFP
Vinícius Júnior, internacional brasileiro do Real Madrid, lamentou os incidentes racistas ocorridos no futebol espanhol na tarde deste sábado, 30 de março, através de uma mensagem nas suas redes sociais.

Não estará presente no jogo de amanhã entre o Real Madrid e o Athletic, devido à acumulação de cartões amarelos, mas Vinicius não hesitou em condenar os incidentes racistas de que foram vítimas Acuña e Quique Sánchez Flores, do Sevilha, e Sarr, do Rayo Majadahonda, esta tarde.

"Este fim de semana, nem sequer vou jogar. Mas só este sábado tivemos três casos desprezíveis de racismo em Espanha. Todo o meu apoio a Acuña e ao treinador Quique Flores do Sevilha. A Sarr e ao Rayo Majadahonda, que a vossa coragem inspire outros. Os racistas têm de ser expostos e os jogos não podem continuar com eles nas bancadas. Só teremos vitória quando os racistas saírem dos estádios diretamente para a cadeia, o lugar que merecem", disse o brasileiro na sua conta do X (antigo Twitter).

Desta forma, o brasileiro continua a liderar uma luta antirracista no futebol espanhol que, como vimos mais uma vez, está longe de terminar.