Oficial: Marselha despede treinador Gennaro Gattuso após sete jogos sem vencer

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Oficial: Marselha despede treinador Gennaro Gattuso após sete jogos sem vencer
Gattuso foi demitido quatro meses após a sua nomeação
Gattuso foi demitido quatro meses após a sua nomeação
Reuters
O Olympique de Marselha despediu o treinador Gennaro Gattuso na sequência de uma quebra de forma, informou o clube da Ligue 1 na terça-feira, pouco mais de quatro meses após a sua contratação.

O italiano, que já treinou o Valência, o Nápoles e o AC Milan, foi contratado pelo Marselha como substituto do espanhol Marcelino em setembro do ano passado.

O Marselha é o nono classificado da primeira divisão francesa, depois de uma série de cinco jogos sem vencer no campeonato, dos quais perdeu dois e empatou três.

"O Olympique de Marselha anuncia o fim da sua colaboração com Gennaro Gattuso", declarou o clube num comunicado.

"O Marselha gostaria de estender os seus agradecimentos especiais a Gennaro e a toda a sua equipa pelo empenho e profissionalismo infalíveis que demonstraram diariamente, e deseja-lhes tudo de bom para o futuro", pode ler-se.

O francês Jean-Louis Gasset é o principal candidato à vaga de treinador, segundo a imprensa local.

Recentemente, Gasset treinou a seleção da Costa do Marfim. Foi demitido depois de um fraco desempenho na fase de grupos da Taça das Nações Africanas, em que a Costa do Marfim foi o último dos terceiros classificados a apurar-se. A Costa do Marfim acabou por vencer o torneio.

O Marselha, com 30 pontos em 22 jogos, recebe na quinta-feira o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, na segunda mão dos oitavos de final da Liga Europa, e no domingo defronta em casa o Montpellier, 14º classificado da Ligue 1.