Feminino: Sporting vence em Alvalade (3-0), SC Braga apanha susto em Vila Verde (2-4)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Feminino: Sporting vence em Alvalade (3-0), SC Braga apanha susto em Vila Verde (2-4)
Sporting vence Torreense em Alvalade
Sporting vence Torreense em Alvalade
SCU Torreense
No arranque da 5.ª jornada da Liga Feminina, o Sporting regressou aos triunfos. A equipa de Mariana Cabral recebeu e venceu o Torreense (3-0), em Alvalade. Já o SC Braga teve de suar para ultrapassar o lanterna-vermelha Länk Vilaverdense (2-4), em Vila Verde.

Sporting 3-0 Torreense

Após o empate na última jornada em Braga, o Sporting regressou às vitórias no Campeonato. O clube verde e branco abriu as portas do estádio de Alvalade, palco habitual da equipa masculina, e presenteou os seus adeptos com uma vitória tranquila sobre o Torreense.

Aos 10 minutos, Ellie Walker travou Ana Capeta no interior da área da equipa de Torres Vedras e a árbitra não teve dúvidas em apontar para a marca dos 11 metros, onde Cláudia Neto não perdoou a oportunidade para o 1-0.

As leoas criaram inúmeras oportunidades para ampliarem a vantagem ainda no primeiro tempo, mas a boa prestação da jovem guarda-redes Leonor Faria e o esforço defensivo da capitã Rafa Sudré ajudaram a manter a desvantagem mínima.

Já na etapa complementar, Ana Capeta teve cabeça para desviar um cruzamento de Andreia Bravo pela esquerda, aos 49 minutos, e Brenda Pérez, na conversão de uma grande penalidade, aos 90+3, deu a machadada final.

Tabela classificativa da Liga Feminina
Flashscore

Länk Vilaverdense 2-4 SC Braga

Em Vila Verde, o Länk deu os primeiros sinais de vitalidade na presente temporada. A equipa chegava à 5.ª jornada sem qualquer golo marcado e marcou dois frente a uma das equipas candidatas ao título.

Carolina Mendes deu vantagem ao SC Braga, aos 24 minutos, num golpe de cabeça letal após cruzamento de Vânia Duarte, mas a formação da casa reagiu bem e chegou à igualdade, aos 42, por intermédio de Maria Ribeiro.

Insatisfeito com o rumo dos acontecimentos, Tomás Tengarrinha mudou três peças ao intervalo e acabou recompensado com um golaço de livre de Ana Rute, aos 66. No entanto, depois de vários avisos, o Länk restabeleceu de novo a igualdade, através de Nhu, aos 84.

Os 10 minutos de compensação da partida deram um ânimo ao SC Braga para não desistir da vitória e Vânia Duarte (90+3) e Ana Rute (90+9), ambas de livre direto, dissiparam as dúvidas em relação ao vencedor da partida.

Outros resultados:

Clube Albergaria 1-3 Marítimo

Racing Power 2-0 Ouriense

Valadares Gaia 0-1 Damaiense