Bayer e Grimaldo em busca da segunda peça do triplo numa época histórica

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bayer e Grimaldo em busca da segunda peça do triplo numa época histórica

Grimaldo com o troféu da Bundesliga.
Grimaldo com o troféu da Bundesliga.INA FASSBENDER/AFP
O lateral espanhol vai disputar esta noite a final da Liga Europa, depois de ter sido um dos principais jogadores do Bayer Leverkusen na Bundesliga, que venceu de forma invicta.

Alejandro Grimaldo (28 anos) chegou à Alemanha com o pé direito. Na época em que se estreou no clube farmacêutico, o espanhol tornou-se um elemento permanente nos planos de Xabi Alonso, sendo o segundo jogador do plantel com mais minutos acumulados (4.173), apenas atrás de Granit Xhaka (4.285).

Sem dúvida, o ex-jogador do Benfica mereceu esse destaque, já que assinou os melhores números da sua carreira, com 12 golos e 19 assistências em todas as competições. Ultrapassa de longe 2022/23, a sua última época nas águias, em que teve 8 golos e 16 assistências.

Com isto em cima da mesa, já haveria argumentos mais do que suficientes para o colocar como um dos homens a ter em conta na final da Liga Europa contra a Atalanta, mas o valenciano traz muito mais do que isso à grande sensação do jogo bonito no Velho Continente.

A principal arma de Grimaldo, e que o seu treinador soube explorar na perfeição tanto com ele como com Frimpong, é a capacidade de cobrir toda a largura do flanco esquerdo, na defesa e no ataque. Isso, aliado ao uso de três centrais na formação habitual do Bayer, permitiu que o camisola 20 tivesse mais liberdade e explorasse sua velocidade e capacidade de chegar ao ataque.

O seu desempenho levou-o a ser o jogador mais bem avaliado da Bundesliga pelo Flashscore Ratings, com uma média de 7,9 em 33 jogos no campeonato. Nada mau no seu primeiro ano no campeonato alemão.

A devoção a Xabi Alonso

"Temos um treinador muito especial, Xabi Alonso, que vai longe e que confiou em mim desde o início. Estou muito feliz e convencido de que tomei a decisão certa", disse Grimaldo ao jornal A Bola em março.

A relação com o técnico espanhol pode ser descrita como amor à primeira vista e isso traduz-se na relevância de Alejandro em campo.

A química já existia quando a transferência para o Leverkusen foi oficializada, como ele contou exclusivamente ao Flashscore após o anúncio do negócio: "Surgiu a oportunidade de ir para o Bayer Leverkusen, para ser treinado por Xabi Alonso. Decidi aceitar e aproveitar este grande momento da minha carreira", explicou.

Dez meses depois da sua chegada, o sucesso de todas as partes envolvidas na mudança para a Alemanha foi confirmado. Agora podem dizer com orgulho que ele é o espanhol mais decisivo das cinco grandes ligas, à frente de jogadores como Álvaro Morata, Joselu e Nico Williams, graças aos 31 golos diretos que marcou até agora.

Por outro lado, está também no topo dos melhores assistentes do Velho Continente. Com 14, ultrapassa as 13 assistências de Xavi Simons, Marcus Thuram, Ollie Watkins e Álex Baena.

O teste definitivo

Grimaldo enfrentará esta noite o desafio mais difícil da temporada, o de trazer para a BayArena o primeiro título europeu da história do clube da Renânia do Norte-Vestfália. Pode parecer pouco depois de ter vencido o todo-poderoso Bayern de Munique no campeonato alemão, mas a tarefa não será fácil.

O clube enfrenta a Atalanta, uma equipa que apresenta algumas complicações devido às suas semelhanças com a equipa de Xabi Alonso. O lateral-esquerdo terá pela frente um adversário disposto a jogar um futebol ofensivo e veloz, pelo que terá de estar preparado para uma batalha constante de parada e resposta em que vencerá quem levar a melhor.

Felizmente, o lateral está a preparar-se há muito tempo para um evento desta dimensão. Tem um professor de inglês que o ajuda a adaptar-se ao novo mundo do futebol, trabalha com especialistas em moda para manter a sua imagem impecável e segue uma dieta rigorosa sob a supervisão de um chef de topo. Além disso, tem uma equipa de apoio que inclui um assessor de imprensa, uma agência de comunicação e marketing, gestores de redes sociais, o seu próprio fisioterapeuta, um assistente pessoal e um preparador físico.

Ele já fez a sua parte, o resto é história em construção. O segundo degrau no caminho para o triplete terá de ser subido hoje. Depois, se vencer a Liga Europa, defrontará o Kaiserlautern na final da Taça da Alemanha, no sábado (19:00), para conquistar  o triplete.