Árbitros do VAR envolvidos no erro do Liverpool falham jogos do próximo fim de semana

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Árbitros do VAR envolvidos no erro do Liverpool falham jogos do próximo fim de semana
O árbitro Simon Hooper olha para o monitor VAR antes de dar o cartão vermelho a Curtis Jones, do Liverpool
O árbitro Simon Hooper olha para o monitor VAR antes de dar o cartão vermelho a Curtis Jones, do Liverpool
Reuters
Os árbitros do Video Assistant Referee (VAR) envolvidos no erro do Liverpool na derrota de sábado por 2-1 na Premier League frente ao Tottenham Hotspur não foram incluídos na lista de árbitros divulgada esta terça-feira.

A comissão de árbitros, Professional Game Match Officials Limited (PGMOL), admitiu que foi uma decisão errada não autorizar o golo de Luis Diaz, culpando o erro humano, e "deveria ter resultado na atribuição do golo através da intervenção do VAR".

A PGMOL anunciou no domingo que Darren England e o seu assistente do VAR, Dan Cook, foram substituídos nos jogos de domingo e segunda-feira passados, na sequência da polémica, e que os dois não estarão envolvidos nos jogos deste fim de semana.

O Liverpool divulgou um comunicado no domingo, afirmando que era evidente que as regras do jogo não tinham sido aplicadas corretamente, o que prejudicava a integridade desportiva, acrescentando que iria explorar as opções disponíveis para a resolução do problema.

O árbitro de campo do jogo com o Liverpool, Simon Hooper, e o quarto árbitro, Michael Oliver, foram ambos seleccionados para as funções do fim de semana.