Reações dos treinadores após o Racing Power-Sporting

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Reações dos treinadores após o Racing Power-Sporting

Sporting sai na frente nas meias-finais da Taça da Liga
Sporting sai na frente nas meias-finais da Taça da LigaSporting CP
Um golo solitário de Olivia Smith permitiu ao Sporting derrotar hoje o Racing Power por 1-0, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça da Liga feminina de futebol, disputado no Estádio Nacional, em Oeiras.

João Marques (treinador do Racing Power):

"Com a adversidade que tivemos, que foi a expulsão, a jogar contra uma equipa como a do Sporting, com a sua qualidade individual e coletiva, as coisas ficam mais difíceis."

"Nos dois jogos (Racing Power e Sporting já se tinham defrontado pelo campeonato nacional, em outubro) o Sporting conseguiu vencer-nos. Aqui no Racing Power não queremos vitórias morais. Perdemos e isso é que conta. O que queremos fazer é trabalhar com dedicação para na próxima sermos nós a sorrir."

"Somos um clube que está a chegar à Liga principal pela primeira vez e encaramos todos os jogos, contra todos os adversários, sempre da mesma forma e sempre para vencer”.

Recorde as incidências da partida

Mariana Cabral (treinadora do Sporting):

"Foi um jogo até à expulsão e depois outro, diferente do que é habitual para o Racing Power, que é uma equipa que pressiona muito alto e faz uma pressão muito forte."

"Acho que merecemos a vitória, fomos melhores, mas também sabemos que há uma segunda mão para disputar e nada ficaria hoje decidido, como não ficou. Agora, na nossa casa, queremos voltar a ganhar."

"Esta época, queremos ir ganhar todos os jogos, a todo o lado. Em casa, fora e em todas as competições. Portanto, é indiferente se foi 1-0, 2-0 ou 3-0 neste jogo. Já íamos querer ganhar a segunda mão”.