Taça de Portugal: Coates diz que 'dobradinha' seria especial, Pepe quer terceira seguida

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Taça de Portugal: Coates diz que 'dobradinha' seria especial, Pepe quer terceira seguida

Pepe e Coates, capitães do FC Porto e do Sporting
Pepe e Coates, capitães do FC Porto e do SportingProfimedia
O uruguaio Sebastián Coates, do Sporting, disse esta sexta-feira que “seria especial" juntar a Taça de Portugal ao campeonato nacional de futebol, enquanto Pepe, do FC Porto, quer vencer a prova ‘rainha’ pela terceira vez consecutiva.

De tudo iremos fazer para vencer esta Taça e conseguir mais um título para o Sporting. Seria especial juntar a Taça ao Campeonato e conseguir a ‘dobradinha’. É esse o nosso objetivo. Queremos que os nossos adeptos se sintam felizes e orgulhosos com o que esta equipa tem feito”, começou por dizer o 'capitão' dos ‘leões’, citado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O habitual titular no eixo defensivo do novo campeão nacional espera “um bom jogo entre duas equipas que querem muito ganhar a final” num lugar “realmente especial”.

Jogar no Jamor é realmente especial. Já tive o privilégio de estar neste palco e de vencer um troféu com muito significado, não só para os adeptos, mas também para os jogadores. Temos a responsabilidade de entrar em campo e dar mais uma alegria a quem esteve lado a lado connosco ao longo de toda a temporada. Vamos trabalhar para que isso aconteça, com seriedade, exigência e muito compromisso”, expressou.

União e espírito foram as palavras usadas por Coates para descrever a “grande força do balneário”, aludindo à conquista da I Liga.

Para ganhar o campeonato em Portugal temos de ter uma mentalidade muito forte. Penso que a união e o espírito que existe no balneário é a nossa grande força e isso foi notório ao longo de todo o ano. É com esse espírito que vamos disputar a final da Taça de Portugal. Queremos que o Sporting volte a conquistar a ‘dobradinha’”, terminou.

Por sua vez, o portista Pepe, que está em dúvida para a final, devido a problemas físicos, apontou à conquista de um troféu levantado pelos ‘dragões’ nas últimas duas edições.

"Estamos conscientes que é um momento bastante importante do futebol português e que todas as finais que disputamos são com o intuito de dar o nosso melhor e vencer”, manifestou.

Para o experiente defesa central, “o jogo será extremamente difícil e as duas equipas vão jogar para poder marcar muitos golos”.

É uma final que representa muito do que é a cultura do futebol português. Apesar da rivalidade das duas equipas é um dia de convívio saudável. Fizemos uma trajetória muito bonita nesta Taça de Portugal, vamos estar bem preparados para disputar esta final e dar o nosso melhor para a ganhar”, concluiu.

A final da Taça de Portugal disputa-se no domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, a partir das 17:15, numa partida que será arbitrada por Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.

Siga o FC Porto-Sporting no Flashscore