Sporting desmente Guitta sobre a renovação: "O clube propôs manter condições atuais"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Sporting desmente Guitta sobre a renovação: "O clube propôs manter condições atuais"
Guitta deixa Sporting ao fim de cinco épocas, depois de não ter existido acordo para a renovação
Guitta deixa Sporting ao fim de cinco épocas, depois de não ter existido acordo para a renovação
LUSA
Depois de cinco temporadas no Sporting, o guarda-redes brasileiro Guitta deixa Alvalade em final de contrato e vai reforçar o Ukhta, da Rússia.

Este sábado, porém, Guitta respondeu a uma publicação nas redes sociais, garantindo que não renovou com o Sporting pelo facto do clube não ter garantido as mesmas condições financeiras que auferia até agora.

"A minha saída não tem a ver com o quanto vou ganhar na Rússia, a opção de sair só se tornou uma realidade depois de o Sporting me fazer uma proposta abaixo do que ganho hoje", escreveu o guarda-redes, de 35 anos.

A publicação de Guitta nas redes sociais
Instagram

Ora o Sporting, esta tarde, em comunicado, garante que tanto Guitta como o seu empresário queriam "melhorar substancialmente as condições atuais" do guarda-redes, enquanto os leões ofereceram uma renovação com o mesmo salário que o brasileiro tinha até agora. E essa oferta, garante o Sporting, foi recusada por Guitta.

Comunicado do Sporting

"O Sporting Clube de Portugal agradece ao atleta Thiago Rocha (Guitta) os cinco anos em que honrou a camisola do clube para, juntamente com os seus colegas de equipa, se tornar um dos melhores do mundo, e atingir o pódio do futsal mundial de verde e branco.

Durante o processo negocial, o jogador (por intermédio do agente), na sua total liberdade, pretendeu melhorar substancialmente as suas condições actuais, as quais o Sporting CP propôs manter. No entanto, as mesmas foram rejeitadas.

Apesar dos esforços empenhados, no dia 6 de janeiro fomos informados de que o jogador tinha tomado opção de assinatura por outro clube que foi ao encontro das suas ambições financeiras.

É uma decisão que cabe ao Sporting CP respeitar e ao atleta frontalmente assumir, honrando os valores que neste caso são, esses sim, inegociáveis.

São cinco anos de história que não se apagam e aos quais o Sporting CP agradece a Guitta todo o seu contributo, dedicação e profissionalismo."

Leia aqui o comunicado no site oficial do Sporting