Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Futsal: Sporting vence em Braga (0-2) e fica a um passo do tetra

Sporting celebra em Braga
Sporting celebra em BragaSporting CP
O Sporting voltou a vencer o SC Braga, desta feita na AMCO Arena, em Braga, por 0-2, no segundo jogo da final do campeonato nacional de futsal. Sokolov abriu o ativo e Wesley matou o jogo, deixando os leões mais perto do título.

SC Braga 0-2 Sporting

Depois de um belíssimo espetáculo de futsal no primeiro jogo (8-4), um autêntico festival de golos no Pavilhão João Rocha, no passado sábado, Sporting e SC Braga voltaram a medir forças esta terça-feira, num jogo de boa qualidade, mas em que a organização defensiva das duas equipas explica a diferença gigante no número de golos marcados.

Pese a condição de visitante, a equipa de Nuno Dias entrou bem no jogo e chegou à vantagem ao minuto 6, por intermédio de Anton Sokolov, embora os louros do golo dos leões devam ser repartidos com Tomás Paço. O pivot russo só teve mesmo de encostar depois de um trabalho brilhante do internacional português.

Bem organizado do ponto de vista defensivo, o Sporting fechou sempre muito bem os caminhos para a baliza de Henrique Rafagnin, complicando a missão do SC Braga, e no resumo visual da primeira parte ficam apenas mais dois remates de Alex Merlim para duas brilhantes intervenções de Dudu.

No regresso para a segunda parte, o SC Braga afinou a estratégia e conseguiu criar mais perigo. Tiago Correia (21') esteve muito perto de restabelecer a igualdade logo no arranque e Fábio Cecílio (24') forçou o guarda-redes Rafagnin a uma defesa apertada.

Aos 29 minutos, uma excelente oportunidade para cada lado. Primeiro Taynan rematou forte para defesa de Dudu e depois foi o próprio Dudu a subir no terreno e a rematar para defesa de Rafagnin.

O jogo animou nos instantes finais, depois da expulsão de Pany Varela (35'), que irá falhar o jogo 3, com Bebé (36') a ver o seu remate a ir ao encontro do poste do Sporting, depois de um desvio fundamental nas costas do capitão leonino João Matos. 

Por fim, já numa fase de 5x4, de tudo ou nada para o conjunto de Joel Rocha, o Sporting recuperou a bola e fechou as contas, nos últimos segundos, através de Wesley Reinaldo.

O próximo encontro, o jogo 3, está marcado para o próximo sábado, dia 15, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.