Paris2024: Atleta luso Pedro Pichardo consegue mínimos no triplo salto

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Paris2024: Atleta luso Pedro Pichardo consegue mínimos no triplo salto

Atualizado
Pedro Pichardo vai defender ouro olímpico
Pedro Pichardo vai defender ouro olímpicoProfimedia
O atleta português Pedro Pichardo garantiu este sábado os mínimos no triplo salto para os Jogos Olímpicos Paris-2024, ao saltar 17,38 metros na primeira tentativa no meeting de Xiamen, na China, da Liga Diamante.

Pichardo, que precisava de alcançar 17,22 metros, vai, assim, poder defender na capital francesa o título conquistado há três anos, na edição Tóquio-2020, quando pulou 17,98, marca que ainda é recorde de Portugal.

Em representação da seleção lusa, o atleta do Benfica, de 30 anos, nascido em Santiago de Cuba, foi ainda campeão do Mundo e da Europa, em 2022, duas vezes campeão da Europa em pista coberta, em 2021 e 2023, e vice-campeão mundial em pista coberta, em 2022.

Pedro Pablo Pichardo, que representou Cuba até 2015, tem como recorde pessoal no triplo 18,08 metros, conseguidos em 28 de maio de 2015, em Havana.

No atletismo, Pichardo junta-se na equipa lusa, agora composta por nove atletas, a Pedro Buaró (salto com vara), Samuel Barata e Susana Godinho (maratona), Isaac Nader (1.500 metros), João Coelho (400 metros), Auriol Dongmo (peso), Ana Cabecinha (20 quilómetros marcha) e Irina Rodrigues (disco).