Scott Parker perde em casa do líder Genk (1-3) na estreia pelo Club Brugge

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Scott Parker perde em casa do líder Genk (1-3) na estreia pelo Club Brugge
Onuachu celebra o golo do Genk
Onuachu celebra o golo do Genk
KRC Genk
O adversário do Benfica nos oitavos de final da Liga dos Campeões somou o quarto jogo consecutivo (duas derrotas e dois empates) sem vencer no campeonato da Bélgica. Treinador inglês rendeu Carl Hoefkens e estreou-se com derrota.

A mudança de treinador não surtiu efeito imediato. O Club Brugge perdeu na visita ao líder Genk (1-3), na 19.ª jornada do campeonato da Bélgica, partida que foi a primeira de Scott Parker no comando do atual campeão do país.

As coisas até começaram de feição para o Club Brugge, quando Hans Vanaken (21 minutos) inaugurou o marcador. Contudo, a alegria forasteira não demorou muito e Cuesta (25 minutos) restabeleceu a igualdade ainda antes do intervalo.

No segundo tempo, o Genk puxou das credenciais de primeiro classificado. Onuachu (67 minutos) respondeu da melhor maneira ao cruzamento de Pantsil e Heynen fechou as contas aos 81 minutos, com um remate colocado ao canto inferior esquerdo, isto numa altura em que o Club Brugge estava reduzido a 10 devido ao duplo amarelo visto por Abakar Sylla (75 minutos).

Reveja aqui as principais incidências da partida

Com este resultado, o Genk segue isolado na liderança com 49 pontos, mais 10 que o Union Saint-Gilloise (visita o Anderlecht). Já o Club Brugge está no quarto lugar, com 34 pontos.