Andy Murray está fora do confronto da Taça Davis com Novak Djokovic devido a lesão

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Andy Murray está fora do confronto da Taça Davis com Novak Djokovic devido a lesão
Andy Murray retirou-se da final da Taça Davis no sábado
Andy Murray retirou-se da final da Taça Davis no sábado
AFP
O antigo número um mundial e três vezes vencedor de grandes torneios, Andy Murray, retirou-se da fase final da Taça Davis este sábado, privando o torneio de um provável confronto de pesos pesados contra Novak Djokovic.

"Sofri uma pequena lesão no ombro, o que significa que não poderei participar na Taça Davis", declarou a estrela britânica, citada pela ITF no X, antigo Twitter.

"Estou triste por não poder fazer parte da equipa, mas o meu foco agora é a reabilitação e a preparação para a nova temporada", acrescentou.

A Grã-Bretanha vai defrontar a Sérvia, de Djokovic, nos quartos de final, em Málaga, na fase final da Taça Davis, de 21 a 28 de novembro.

Os restantes oitavos de final incluem o atual campeão Canadá contra a Finlândia, a República Checa contra a Austrália e a Itália contra a Países Baixos.

Murray levou a Grã-Bretanha ao título da Taça Davis em 2015, enquanto o atual número um mundial e vencedor de 24 títulos do Grand Slam, Djokovic, foi o protagonista da vitória da Sérvia em 2010.