Basquetebol: NBA baniu Jontay Porter para sempre devido a apostas desportivas

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Basquetebol: NBA baniu Jontay Porter para sempre devido a apostas desportivas

Jontay Porter está proibido de jogar na NBA
Jontay Porter está proibido de jogar na NBANBA
Os responsáveis da liga norte-americana de basquetebol tiveram mão pesada contra o extremo dos Toronto Raptors. Em causa estão apostas desportivas feitas com informação confidencial. 

Terminou a carreira de Jontay Porter na NBA. Esta quarta-feira, o extremo de 24 anos ficou a saber que está banido de jogar no principal campeonato de basquetebol dos Estados Unidos da América.

Através de um comunicado, a NBA explica que este é um resultado de uma investigação que concluiu que Porter violou as regras no que toca às apostas desportivas. A mais grave terá acontecido antes do jogo dos Raptors a 20 de março, em que Porter terá divulgado o seu estado a um conhecido apostador da NBA que ganhou cerca de 1,1 milhões de dólares apostando que o jogador iria ter números abaixo do normal (disputou três minutos devido a doença). A verba acabou por não ser paga devido ao volume pouco habitual, que levantou suspeitas e abriu caminho à investigação.

A isto junta-se o facto de entre janeiro e março, Porter ter feito 13 apostas na NBA que variaram entre 14 dólares e 22 mil dólares e totalizaram mais de 54 mil dólares. Lucrou cerca de 21 mil dólares, sendo que nenhuma envolveu jogos em que o extremo atuou, mas pelo menos três incluíram os Raptors com quem tinha um contrato two-way (apostou que a equipa perdia e não lucrou com essas apostas).

Produto da universidade de Missouri, Porter chegou à NBA em 2020 pela porta dos Memphis Grizzlies. Teve uma carreira principalmente na G League, onde jogou pelos Memphis Hustle, Wisconsin Herd, Motor City Cruise e Raptors 905. Ao todo somou 37 jogos na NBA (média de 3,7 pontos) sendo que o máximo foi esta época em que atuou 26 encontros pelos Raptors.