MotoGP: Miguel Oliveira em 21.º no primeiro dia de testes no Catar

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
MotoGP: Miguel Oliveira em 21.º no primeiro dia de testes no Catar
Bagnaia liderou o dia de testes
Bagnaia liderou o dia de testes
AFP
O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) terminou esta segunda-feira na 21.ª posição o primeiro de dois dias de testes de pré-temporada que decorrem no circuito internacional de Lusail, no Catar.

O piloto natural de Almada fez a sua melhor volta com o tempo de 1.53,943 minutos, terminando a 1,903 segundos do mais rápido, o italiano bicampeão mundial, Francesco Bagnaia (Ducati), que acabou o dia a testar as especificações completas para este ano, incluindo o novo motor do construtor italiano.

O dia começou calmo, com a pista suja de areia do deserto e calor. Só mais ao final da jornada é que se começaram a montar pneus macios de forma a tentar tempos mais rápidos.

Oliveira conseguiu o seu melhor registo na volta 47 das 57 efetuadas ao longo do dia.

O espanhol Jorge Martin (Ducati) foi o segundo mais rápido, a 0,220 segundos de Bagnaia, com o também espanhol Aleix Espargaró (Aprilia) em terceiro, a 0,292. O sul-africano Brad Binder (KTM) foi o quarto, a 0,296.

A Honda e a Yamaha continuam com problemas de desenvolvimento.

A Honda, órfã de Marc Márquez pela primeira vez em 11 anos, não conseguiu melhor do que o nono registo conseguido pelo francês Johann Zarco, da equipa privada LCR, enquanto a Yamaha teve no gaulês Fábio Quartararo o melhor representante, em 10.º.

Márquez continua o seu processo de adaptação à Ducati e hoje nem sequer tentou voltas rápidas, optando por trabalhar o ritmo de corrida, terminando com o 16.º melhor tempo.

Na terça-feira, decorre o segundo dia desta bateria de testes, a última antes do arranque do Campeonato do Mundo, previsto para 10 de março, no Catar.