Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Europeus de Judo: Treinadora revela que Telma Monteiro saiu por precaução

Telma Monteiro terminou participação nos Europeus de Judo
Telma Monteiro terminou participação nos Europeus de JudoFPJ
A judoca Telma Monteiro, que saiu esta quinta-feira no prolongamento do quarto combate nos Europeus e quando estava na zona de repescagem para a luta pelo bronze, está bem, apesar do incómodo que a levou a desistir, confirmou a treinadora.

“Tudo tranquilo, o joelho está ok. Fez um excelente teste que era o objetivo principal. E quatro combates com atletas de topo”, assinalou à agência Lusa a treinadora Ana Hormigo, que se encontra a acompanhar os seus judocas em Zagreb.

Ana Hormigo explicou o motivo para a saída de Telma Monteiro aos seis minutos do seu quarto combate e quando já tinha efetuado três sempre com período extra de tempo para além dos quatro minutos iniciais, um dos quais a atingir quase os 10 minutos.

“A Telma sabia que ao mínimo incómodo era para parar. É normal, também pela fadiga acumulada pelos combates e especialmente pelos golden scores. Estão em jogo os Jogos Olímpicos. Se fosse outra prova, continuaria, mas, como disse, como prova de teste não vale a pena arriscar nada”, justificou a treinadora.

A responsável, também antiga judoca e ex-selecionadora, garantiu que o joelho esquerdo, o mesmo que impediu Telma Monteiro de competir durante cinco meses, desde novembro, devido a uma rotura do ligamento cruzado, respondeu bem.

“Joelho testado, fisicamente preparada, mesmo sabendo que não se apresentaria a 100%. Está de parabéns, superou qualquer expectativa neste Europeu”, acrescentou Hormigo, admitindo que a judoca do Benfica até poderia ter ido mais longe.

A antiga selecionadora considerou que a competição esta quinta-feira demonstrou que tudo é possível para Telma Monteiro, recordista feminina de medalhas em Europeus, medalha de bronze nos Jogos do Rio 2016 e quatro vezes vice-campeã mundial.

“Com a Telma tudo é possível e, esta quinta-feira, a medalha não estava fora de hipótese. É um sétimo lugar, são pontos importantes no apuramento, mas especialmente é um regresso de ouro”, sublinhou.

Telma Monteiro, que está em lugar elegível para Paris 2024, mas, à entrada para os Europeus, em quota de realocação, ainda pode ter mais três competições a pontuar, os Grand Slam do Tajiquistão e do Cazaquistão e os Mundiais de Abu Dhabi, em maio.