Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copa América: Colômbia e Uruguai enfrentam-se na meia-final com recordes à vista

James Rodriguez e Jhon Cordoba comemoram o golo da Colômbia na vitória sobre o Panamá nos quartos de final
James Rodriguez e Jhon Cordoba comemoram o golo da Colômbia na vitória sobre o Panamá nos quartos de finalMark J. Rebilas - USA TODAY Sports
Uruguai e Colômbia vão tentar entrar para a história, quando se encontrarem na meia-final da Copa América, na madrugada desta quinta-feira (01:00) em Charlotte, Carolina do Norte.

A Colômbia chega à meia-final sem perder há 27 jogos consecutivos, igualando a sua melhor série invicta de todos os tempos.

O Uruguai quer conquistar o inédito 16.º título da Copa América, dividindo o recorde de 15 títulos com a Argentina, que enfrenta o Canadá na outra meia-final.

O Uruguai avançou para as meias-finais com uma vitória nos penáltis sobre o Brasil. O Uruguai cometeu o maior número de faltas do torneio, 26, e recebeu um cartão vermelho pela falta de Nahitan Nandez em Rodrygo, mas também criou mais oportunidades do que o Brasil.

O técnico Marcelo Bielsa garantiu que sua equipa não irá comprometer o seu estilo ofensivo.

"O futebol é uma competição e estamos sempre a tentar impor o que fazemos de melhor e o nosso adversário vai fazer exatamente a mesma coisa", disse aos jornalistas.

"Se não tentássemos impor o que fazemos de melhor, estaríamos a prejudicar as nossas próprias oportunidades", acrescentou.

Antevisão em vídeo
Flashscore

Nandez cumprirá suspensão de um jogo, enquanto o defesa Ronald Araujo perderá o resto do torneio devido a uma lesão na perna, sofrida nos quartos de final.

A Colômbia, depois de vencer o Panamá por 5-0 nas quartos de final, quer chegar à sua primeira final da Copa América em 23 anos.

A última final foi disputada em 2001, quando venceu o México e conquistou o seu único título da Copa América.

A equipa colombiana, dirigida por Nestor Lorenzo, viu oito jogadores diferentes encontrarem o fundo das redes no torneio até agora.

O veterano James Rodriguez tem-se destacado, igualando o recorde de Lionel Messi para o maior número de assistências (cinco) num torneio desde que a estatística foi registada pela primeira vez, em 2011.

Lorenzo disse que a partida entre Colômbia e Uruguai foi digna de uma final.

"Eles não são passivos. Eles vão em busca da vitória", disse Lorenzo aos repórteres, falando por meio de um intérprete.

"E tenho certeza de que vamos ter um bom espetáculo na meia-final", acrescentou.

A final tem lugar no domingo, em Miami Gardens, na Florida.

Siga o Uruguai-Colômbia no Flashscore