Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Euro-2024: Francisco Conceição selou triunfo com 58.º golo luso em Europeus

O golo de Francisco Conceição aos 90+2 minutos
O golo de Francisco Conceição aos 90+2 minutosAFP
O extremo Francisco Conceição selou esta terça-feira, nos descontos, a vitória de Portugal sobre a República Checa (2-1) na estreia no Euro-2024, apontando o 58.º tento luso em fases finais da competição.

Entrado apenas aos 90 minutos, para substituir Vitinha, o jogador do FC Porto, apenas na terceira internacionalização ‘AA’, decidiu o encontro aos 90+2, oportuno a aproveitar uma falha clamorosa de um defesa checo.

O golo do jovem portista, de 21 anos, selou o triunfo, depois de Robin Hranác ter marcado na própria baliza, aos 69 minutos, o golo 57 de Portugal em Europeus, e primeiro apontado por um jogador de outra seleção.

Antes dos dois golos lusos, a República Checa adiantou-se no marcador, aos 62 minutos, com um golo de Lukás Provod, que foi o 39.º sofrido por Portugal, ao 40.º jogo.

Recorde as incidências da partida

Os últimos golos de Portugal em fases finais tinham sido apontados por Cristiano Ronaldo, que ‘bisou’ no empate a dois golos com a França, em 23 de junho de 2021, em encontro da terceira jornada da fase de grupo do Euro2020, em Budapeste.

A formação das ‘quinas’ têm o quinto melhor ataque em Europeus, apenas batido por Alemanha (83, em 54 jogos), Espanha (71, em 47), França (70, em 44) e Países Baixos (67, em 40).

A formação das ‘quinas’, que cumpre a nona presença, e oitava consecutiva, desde 1996, marcou quatro golos em 1984, cinco em 1996, 10 em 2000, oito em 2004, sete em 2008, seis em 2012, nove em 2016, sete em 2020 e, para já, dois em 2024.

Em termos individuais, Francisco Conceição foi o 26.º jogador luso a marcar, numa lista liderada por Cristiano Ronaldo, melhor marcador da história dos Europeus, com 14.

Nuno Gomes, que marcou seis golos, quatro dos quais em 2000, está destacado no segundo lugar, com seis tentos, o dobro dos apontados pelo trio que partilha o último lugar do pódio, e é composto por Sérgio Conceição, Hélder Postiga e Nani.