Ricardo Silva (Paços de Ferreira) recebeu prémio de melhor treinador de março na Liga 2

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ricardo Silva (Paços de Ferreira) recebeu prémio de melhor treinador de março na Liga 2

Ricardo Silva com a equipa técnica do Paços de Ferreira
Ricardo Silva com a equipa técnica do Paços de FerreiraLiga Portugal
Na sequência de três vitórias e de um empate no decorrer do mês de março, Ricardo Silva recebeu o Prémio Vítor Oliveira – Treinador do Mês da Liga 2. O treinador do Paços de Ferreira mostrou-se grato ao estrear-se nos prémios mensais.

É um sentimento muito bom. Quero agradecer também aos colegas de profissão que elegeram a minha equipa técnica como a melhor do mês. É um sinal de trabalho de muita gente aqui dentro, de persistência, consistência e resiliência. Aqui a malta é de trabalho, aliás este clube sempre foi conhecido por isso. A realidade é que esta época tem sido isso mesmo, uma corrida de trás para a frente. Provavelmente não vamos conseguir aquele que seria o grande objetivo, mas o que fica é a construção de uma equipa, de um modo de jogar, de um estado de espírito e este prémio é o reflexo disso mesmo”, explicou.

Ricardo Silva fez questão de dedicar este prémio “a todas as pessoas do Paços de Ferreira, desde a Direção, à estrutura, passando pela restante equipa técnica, mas sobretudo aos jogadores. São eles que implementam a ideia nos jogos e este bom estado de espírito é para continuar”, realçou.

A Liga 2 entrou na reta final do campeonato e de todas as decisões. Será importante o timing de conquista desta distinção? Ricardo Silva lembrou uma das máximas do futebol.

Não importa como começa, é como acaba. Queremos deixar boa imagem, com mentalidade forte e competitiva”, concluiu.

O treinador dos castores bateu a concorrência de Carlos Fangueiro (Leixões) e Tiago Margarido (Nacional), que completaram o pódio, respetivamente.