Roger Schmidt: "Podemos aprender algumas coisas com este jogo"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Roger Schmidt: "Podemos aprender algumas coisas com este jogo"
Roger Schmidt admitiu alguma falta de concentração dos seus jogadores
Roger Schmidt admitiu alguma falta de concentração dos seus jogadores
AFP
O Benfica venceu o Gil Vicente (3-2), mas ficam algumas notas para o treinador Roger Schmidt. No final do encontro, o técnico das águias reconhece que a sua equipa podia ter feito mais golos e aponta alguns momentos de desconcentração que podiam ter deitado tudo a perder.

Recorde as principais incidências da partida

"Temos de respeitar sempre o adversário. 2-0 é sempre um resultado perigoso durante o jogo, com um golo o adversário volta ao jogo. Jogámos bem, merecemos marcar os dois golos e podíamos ter marcado mais. Temos de melhorar a eficácia", começou por dizer o treinador germânico, em declarações na zona de entrevistas rápidas à SportTV.

Leia aqui a crónica da partida

"Foi complicado à frente da baliza, podíamos ter encontrado melhores soluções em algumas ocasiões. Vencemos, mas penso que tivemos alguns momentos de desconcentração e o Gil Vicente reagiu. Merecemos ganhar. Podemos aprender algumas coisas com este jogo", sublinhou.

A explicação sobre David Neres

Após uma boa entrada no último jogo, o brasileiro David Neres voltou a sentar-se no banco de suplentes, sendo novamente uma arma lançada por Roger Schmidt no decorrer da partida.

"Temos de pensar no equilíbrio, eles (Di María e Neres) podem jogar juntos, mas tem a ver com a forma como abordamos o jogo, o equilíbrio e a gestão física dos jogadores. Neres teve problemas na pré-época, ainda não está a 100%. Na semana passada mudou o jogo e acho que hoje tomei a melhor opção em colocá-lo no jogo mais tarde", justificou.

Os próximos jogos do Benfica
Flashscore