Giuntoli premiado no Golden Boy: "Agradeço a De Laurentiis, que foi muito paciente comigo"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Giuntoli premiado no Golden Boy: "Agradeço a De Laurentiis, que foi muito paciente comigo"
Cristiano Giuntoli, agora diretor-geral da Juventus
Cristiano Giuntoli, agora diretor-geral da Juventus
Profimedia
À margem da cerimónia de entrega de prémios que irá distinguir Jude Bellingham com o prémio Golden Boy, em Turim, o diretor-geral da Juventus, Cristiano Giuntoli, que também irá receber um prémio pela sua prestação em Nápoles, também falou à comunicação social.

"Agradeço a quem pensou em mim para este prémio, agradeço a Aurelio De Laurentiis que teve muita paciência comigo e também me deixou cometer erros, porque eu também cometi erros, graças a estes tivemos uma grande satisfação. A minha recordação do Scudetto? Apenas uma é redutora, um conjunto de coisas extraordinárias que me permitiram coroar um sonho. Quando algo assim acontece, as coisas têm de ser partilhadas por muitas pessoas", afirmou Cristiano Giuntoli.

Era inevitável falar dos jovens da Juventus, que são cada vez mais protagonistas.

"Acabei de chegar, encontrei uma equipa extraordinária. A Juventus está a colher os frutos do trabalho realizado no passado. Continuamos a ser a Juventus, temos de manter o equilíbrio entre a competitividade e o equilíbrio financeiro. E continuar a trabalhar nos nossos jovens", acrescentou o dirigente.

Depois, um breve comentário sobre o vencedor, Jude Bellingham.

"A insuportável leveza do ser. Depois de trabalhar com um grande treinador como Ancelotti, penso que ele é também um mestre na expressão do talento. E penso que Bellingham pode confirmar isso", afirmou Cristiano Giuntoli.