Serie A: Leão brilha, mas Milan empata com Atalanta (1-1), Inter goleia (0-4), Nápoles perde pontos (1-1)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Serie A: Leão brilha, mas Milan empata com Atalanta (1-1), Inter goleia (0-4), Nápoles perde pontos (1-1)
Atualizado
Leão marcou um grande golo a abrir o jogo
Leão marcou um grande golo a abrir o jogo
AFP
A Juventus está de volta às vitórias, mas teve de sofrer literalmente até ao último minuto de jogo para vencer o Frosinone, que também vinha de uma fase negativa. O Nápoles esteve perto de voltar às vitórias, mas não foi além de um empate (1-1) com o Cagliari. Por outro lado, o Inter não sentiu dificuldades para golear o Lecce por 0-4 para cimentar a liderança, enquanto Leão brilhou no vizinho AC Milan, que não foi além de um empate com a Atalanta, adversária do Sporting na Liga Europa.

AC Milan 1-1 Atalanta

O jogo de cartaz da 26.ª jornada colocava frente a frente o AC Milan, de Rafael Leão, a Atalanta, que volta a ser adversária do Sporting na Liga Europa depois da fase de grupos. La Dea vinha de um registo muito favorável em San Siro, onde não perde há oito jogos consecutivos.

Pontuações dos jogadores
Flashscore

O duelo até começou de feição para o internacional português, que apontou um grande golo logo aos três minutos, de ângulo muito apertado. 

Seguiu-se uma reação impressionante da turma de Gasperini, que vinha de cinco vitórias seguidas, através de Holm e de Charles de Ketelaere, cedido precisamente pelos rossoneri. O AC Milan sobreviveu à primeira vaga, mas concedeu à saída para o intervalo numa grande penalidade cometida por Olivier Giroud, convertida por Teun Koopmeiners para o meio da baliza.. 

O recomeço não teve a mesma intensidade dos minutos iniciais, mas os reforços de ambas as equipas deram sinais promissores, especialmente quando Davide Calabria cortou para dentro para testar Carnesecchi. A finalização era a única coisa que faltava aos anfitriões, que encontraram um bom ritmo, ao passo que Christian Pulisic ainda tirou tinta ao poste, antes de Davide Zappacosta evitar o golo Giroud em cima da linha. 

O AC Milan ainda não conheceu a derrota neste estádio desde novembro, mas a equipa de Pioli perdeu a oportunidade de ficar a um ponto da Juventus, segunda classificada.

Estatísticas no final do encontro
Opta by Stats Perform

Lecce 0-4 Inter

A formação mudou, mas o Inter continuou a vencer e a dominar: os homens de Inzaghi foram arrasadores contra o Lecce, vencendo por 0-4.

As pontuações dos jogadores
Flashscore

Os nerazzurri chegaram ao encontro na Via del Mare com um plantel reformulado pela rotatividade, dada a vantagem de pontos sobre a Juve e a longa série de compromissos nas próximas semanas.

Sem Marcus Thuram (lesionado), Alexis Sánchez assumiu o seu lugar no ataque, enquanto na baliza Emil Audero fez a sua estreia no seu primeiro jogo da época na Liga, devido à ausência de Sommer com gripe. Foram também efetuadas várias alterações na defesa e no meio-campo, incluindo a ausência de última hora de Hakan Calhanoglu.

Os primeiros 45 minutos decorreram com um equilíbrio substancial em campo, com ritmos bastante elevados. As duas equipas, no entanto, não criaram muitas oportunidades de golo, raramente aparecendo na pequena área do adversário.

Os poucos lances de ataque foram suficientes para que o Inter chegasse à vantagem. Ao fim de apenas um quarto de hora, Lautaro Martinez aproveitou uma bola de Kristjan Asllani para fintar Wladimiro Falcone. O 1-0 valeu o 100.º golo do argentino na Serie A, tornando-o apenas o sétimo jogador da Argentina a atingir este marco, depois de Batistuta, Crespo, Higuain, Icardi, Balbo e Dybala.

As estatísticas da partida
Opta by Stats Perform

A segunda parte começou com vários minutos de atraso, o que enervou a Via del Mare depois de o árbitro Doveri ter sido obrigado a passar o apito ao quarto homem, Baroni, devido a um problema no tornozelo.

Nos primeiros minutos, os anfitriões tentaram fazer mal ao adversário, aproveitando mesmo um erro de Audero para tentar o golo do empate e tocando no poste com um cabeceamento de Blin. Depois, porém, foi a festa nerazzurri.

Sem muito esforço, o líder da Serie A aumentou o ritmo e dominou o adversário, com golos de Frattesi, Lautaro e Stefan de Vrij em rápida sucessão. Nos minutos finais, não faltaram oportunidades para dilatar ainda mais o resultado para os anfitriões, com o Dumfries a estar perto de fazer o 0-5 em várias ocasiões, mas a falhar sempre o alvo.

Uma grande demonstração de força do Inter, que parece estar a caminhar a passos largos para a conquista do campeonato italiano.

Cagliari 1-1 Nápoles

O décimo golo de Victor Osimhen na Serie A quase deu a primeira vitória em seis jogos fora de casa no campeonato ao Nápoles, mas um golo de Zito Luvumbo nos descontos deixou o Cagliari a um ponto da segurança - embora a espera pela primeira vitória em casa contra o Nápoles desde 2009 continue.

As pontuações dos jogadores
Flashscore

O jogo mal tinha cinco minutos de duração quando Yerry Mina e Victor Osimhen pareciam ter se envolvido numa luta de MMA. Gianluca Lapadula poderia ter acabado com a série de 14 jogos sem marcar do Cagliari no primeiro tempo, mas só conseguiu acertar uma cabeçada à queima-roupa em Alex Meret.

Pouco depois de ter sido negado um penálti após cair na área sob pressão de Mina, Giacomo Raspadori encontrou espaço para rematar para uma boa intervenção de Scuffet.

O susto seria ainda maior do outro lado, com um livre de Gianluca Gaetano que viu Amir Rrahmani cabecear para a sua própria baliza sob pressão de um Lapadula em fora de jogo. A alegria do Cagliari foi rapidamente abafada por uma verificação do VAR que anulou o lance.

O drama do primeiro tempo ainda não tinha terminado, já que um duelo entre Lapadula e Meret terminou com o guarda-redes do Nápoles no chão e Luvumbo a desperdiçar o 1-0.

As estatísticas da partida
Opta by Stats Perform

O Cagliari pagou caro por essa falha, já que o Nápoles acabou por marcar pouco depois da hora de jogo. Depois de um cabeceamento de Osimhen, Raspadori cruzou do lado direito e encontrou o nigeriano na linha de fundo. O avançado não desperdiçou a oportunidade e finalmente chegou aos dois dígitos em todas as competições da temporada.

A boa reação da equipa da casa acabou por ser premiada num dos últimos lances do encontro. Depois de trabalhar incansavelmente durante todo o jogo, Luvumbo aproveitou um passe de Alberto Dossena e rematou contra Meret para levar os adeptos da equipa da casa à loucura. Para o Nápoles, este resultado resume tudo o que deu errado esta temporada. O Cagliari, por sua vez, comemorou o resultado, mas continua em zona de descida.

Juventus 3-2 Frosinone

Depois de um empate e duas derrotas, a Juventus foi chamada à redenção contra o Frosinone. Era necessária uma resposta clara... no final, no entanto, a vitória veio, mas numa reviravolta e após um desempenho menos convincente.

As pontuações dos jogadores
Flashscore

Um 3-2 que chegou no último minuto de compensação, o minuto 95, e que penalizou em excesso a equipa do Frosinone.

Logo no início da partida, os homens de Eusebio Di Francesco viram-se a perder por 1-0. Aos 3 minutos, Dusan Vlahovic, deu o toque para colocar os Bianconeri na frente. Apesar do golo, o Frosinone não se deixou abater e começou a pressionar, colocando a Juventus em dificuldades. E o resultado veio 11 minutos depois de os bianconeri terem assumido a liderança.

Os ciociari chegaram ao empate aos 14 minutos com um grande golo de Walid Cheddira. Um golpe de cabeça após um cruzamento da direita que viu Manuel Locatelli desprevenido na marcação e o impassível Wojciech Szczesny que nada pôde fazer para evitar o golo.

O empate gelou o estádio e surpreendeu os homens de Allegri, que sofreram o 1-2 apenas 13 minutos depois, desta vez com uma grande jogada de Marco Brescianini

As estatísticas da partida
Opta by Stats Perform

A Juventus foi obrigada a correr atrás do prejuízo e a fazer uma alteração devido à lesão de Adrien Rabiot. Carlos Alcaraz fez a sua estreia com a camisola dos Bianconeri.

Em contraste com a reação após o 1-1, desta vez os bianconeri tentaram reagrupar-se, voltando ao jogo e encontrando o empate, mais uma vez com Vlahovic: o seu 15.º golo da época e o terceiro bis este ano na Serie A.

Na segunda parte, a equipa de Allegri avançou, jogando e mantendo a posse de bola durante longos períodos, à procura do golo da vitória. Liderados por Vlahovic, em grande forma, os bianconeri criaram mais do que um lance de perigo junto à baliza do Frosinone. Em algumas ocasiões, foi o avançado sérvio que esteve perto do seu primeiro hat-trick esta época.

Di Francesco tentou dar alguma frescura no ataque para fazer subir o Frosinone, mas nos últimos instantes da partida, durante o último forcing da Juve, o pontapé da vitória veio de um defesa. Rugani, dentro da área, perto da linha de golo, desferiu um remate que passou por baixo das pernas de Michele Cerofolini, dando a Allegri e aos seus homens três importantes pontos.