Simone Inzaghi antes do clássico italiano: "A Juve está em vantagem, mas não nos escondemos"

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Simone Inzaghi antes do clássico italiano: "A Juve está em vantagem, mas não nos escondemos"
Simone Inzaghi, treinador do Inter Milão
Simone Inzaghi, treinador do Inter Milão
Profimedia
Simone Inzaghi, treinador do Inter Milão, defendeu a Juventus parte em vantagem para o clássico italiano, pelo facto de não ter competições europeias, mas deixou claro que não trocaria de lugar com a Massimiliano Allegri.

"Se eu esperava que a Juve estivesse tão perto? Sim, é claro que com um treinador como Allegri ele quer sempre ganhar. Ele tem grandes ambições e este ano tem mais tempo para preparar os jogos, o que é uma grande vantagem. Não nos escondemos, assumimos a responsabilidade e isso é um estímulo para melhorarmos. Há alturas em que se diz que o Inter é a equipa a derrotar, outras em que se diz que o Inter enfraqueceu em relação ao ano passado, mas aí depende sempre dos resultados", afirmou Simone Inzaghi, treinador do Inter, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo contra a Juventus.

"Eu trocaria com Allegri? Não, mas acho que eles também não queriam ficar sem as taças. Depois, é uma vantagem porque vimos, entre os quatro primeiros da Liga, como é completamente diferente preparar jogos da Liga sem Taças pelo meio", acrescentou o treinador dos milaneses.

Concentração

O que o treinador nerazzurri preconiza é a máxima atenção a todos os pormenores.

"Vamos tentar jogar o nosso futebol. Sabemos que temos pela frente uma equipa que está muito bem, que defende e é compacta, mas que também tem grandes campeões que podem resolver o jogo. Teremos de ter uma grande concentração durante os 90 minutos, porque é sempre difícil defrontar uma equipa como a Juventus", alertou Inzaghi, que recordou as ausências importantes na sua equipa.

"Certamente que Bastoni e Pavard não estarão presentes, Cuadrado e Sanchez serão avaliados hoje. Sanchez regressou com uma ligeira entorse no tornozelo, Cuadrado fez ontem o seu primeiro treino completo, teve um problema num tendão que nunca tinha tido, vamos avaliar depois do treino de hoje", explicou o treinador, que ainda falou da seleção italiana.

"O que é que eu achei? Achei bastante bem. Normalmente, as pausas põem-nos à prova física e mentalmente, mas encontrei-os bem e a Azzurra satisfeita com a qualificação para o Campeonato da Europa", afirmou.

Siga o Juventus-Inter Milão no Flashscore