Vincenzo Italiano satisfeito com empate com a Roma, Mourinho falhou conferência

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Vincenzo Italiano satisfeito com empate com a Roma, Mourinho falhou conferência
Vincenzo Italiano, treinador da Fiorenina
Vincenzo Italiano, treinador da Fiorenina
AFP
O treinador da Fiorentina, Vincenzo Italiano, viu o copo meio cheio depois de empatar a um golo diante da Roma de José Mourinho, na 15.ª jornada da Serie A, com o adversário a acabar reduzido a nove jogadores.

Recorde as incidências do jogo

O treinador da FiorentinaVincenzo Italiano, falou aos microfones da DAZN após o empate 1-1 em casa com a Roma.

"Ainda podíamos prejudicar a Roma, apesar de termos feito uma segunda parte extraordinária, fizemos tudo o que podíamos para recuperar o jogo. Tivemos muitas situações para marcar golos, pena que tivéssemos podido aproveitar uma Roma que só pensava em defender", explicou Italiano.

Para o treinador dos Viola, os seus jogadores fizeram um jogo de alto nível.

"Dei os parabéns aos rapazes, fizeram um jogo extraordinário com este caráter. Sofremos o golo de uma forma ingénua, podíamos ter continuado a movimentar a bola e, no reatamento, eles fizeram uma grande jogada. Tínhamos à nossa frente uma equipa forte, um estádio impetuoso e hoje o copo está três quartos cheio. Estou contente com o que os rapazes fizeram", acrescentou o técnico da Fiorentina.

Depois, questionado sobre os resultados insatisfatórios contra as equipas importantes, Italiano reiterou que sente que a sua equipa está a melhorar.

"Vejo uma Fiorentina que está a crescer, mesmo que por vezes alternemos algumas primeiras partes em que não estamos, continuamos a oferecer grandes exibições, especialmente contra os grandes. Temos muitas oportunidades para marcar golos, mas temos de melhorar a baliza. A Fiorentina vai encontrar o caminho certo, temos muitos homens na baliza e é claro que para crescer é preciso continuidade e é isso que estamos a procurar. Somos uma equipa jovem, temos um jogador jovem como Kayode que está a fazer grandes exibições", afirmou Italiano.

Por fim, após uma pergunta sobre os objetivos da sua equipa esta temporada.

"O nosso objetivo é melhorar o sétimo e o oitavo lugar, o que será conquistado no final do ano, temos de procurar a partir destes desempenhos. Do sétimo lugar para cima é um objetivo, estamos a fazer tudo para avançar", respondeu Vincenzo Italiano.

Silêncio da Roma

Nenhuma voz oficial dos membros da Roma marcou presença na sala de imprensa para comentar o que aconteceu no jogo desta noite. A decisão do clube da capital foi comunicada às emissoras, que, por sua vez, preferiram não enviar ninguém para o espaço destinado para as conferências.

Uma escolha que vê o treinador José Mourinho envolvido, em primeiro lugar, mas como nenhum elemento se mostrou disponível para falar, é também partilhada pelo próprio clube.