Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Judo: Telma Monteiro em busca do "tempo perdido" nos Europeus

Telma Monteiro ainda sonha com Paris
Telma Monteiro ainda sonha com ParisFPJ
Os Europeus de Zagreb marcam o regresso de Telma Monteiro à competição, cinco meses após uma lesão grave e num momento em que a judoca recordista de medalhas nos campeonatos procura estar em Paris-2024.

É lógico que vai querer somar pontos, vai querer perceber a sua condição física, como o seu corpo irá reagir. A ideia dela será pontuar, neste momento (até ao final do apuramento) são 4.700 pontos em disputa”, disse à agência Lusa o selecionador feminino.

Marco Morais lembrou as ‘valias’ de Telma Monteiro, a judoca que é recordista feminina de subidas ao pódio em Europeus, com 15 medalhas (seis de ouro, duas de prata e sete de bronze), quatro vice-títulos mundiais e um bronze olímpico, no Rio-2016.

A Telma é a Telma. Será sempre ambiciosa, voluntariosa, determinada na busca dos seus objetivos”, lembrou o selecionador em relação a uma judoca que está em zona de apuramento olímpico, apesar da ‘queda’ para a realocação, os lugares remanescentes de quota para os judocas com maior número de pontos.

A judoca está a cerca de 150 pontos da última atleta a entrar diretamente em -57 kg, a belga Mina Libeer, mas ainda tem lugares em aberto para a entrada de pontos a contarem a 100%, sem ter de descartar resultados em pelo menos três competições.

Fez o caminho normal de uma pessoa que está a regressar de uma lesão (ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo), treinou, fez o trabalho que tinha que fazer, sempre numa intensidade máxima, posso dá-la como exemplo para todos judocas portugueses, sempre que estou com ela, porque vejo que é um exemplo em cima do tapete. E naquilo que é o seu profissionalismo, fez o caminho de estar a regressar de uma lesão”, elogiou Marco Morais.

A judoca, de 38 anos, procura estar nos seus sextos Jogos Olímpicos, o que seria um recorde numa atleta feminina portuguesa, depois de ter competido em Atenas-2004, Pequim-2008, Londres-2012, Rio-2016 (medalha de bronze) e Tóquio-2020.

Nos Europeus de Zagreb, entre quinta-feira e sábado, a nível individual, Telma Monteiro integra a seleção de 15 judocas lusos, oito em femininos, com Catarina Costa, Raquel Brito, Maria Siderot, Taís Pina, Joana Crisóstomo, Patrícia Sampaio e Rochele Nunes, e sete em masculinos, com Rodrigo Lopes, Miguel Gago, Otari Kvantidze, Thelmo Gomes, João Fernando, Anri Egutidze e Jorge Fonseca.