Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Fórmula 1: Lewis Hamilton estabelece tempo mais rápido na terceira sessão de treinos livres

Lewis Hamilton pode surpreender no Canadá
Lewis Hamilton pode surpreender no CanadáProfimedia
O recordista mundial Lewis Hamilton dominou a terceira sessão de treinos livres para o Grande Prémio do Canadá, estabelecendo o tempo mais rápido por uma grande margem. O britânico fez a volta mais rápida com o seu Mercedes, em 1:12.549 minutos, e terminou à frente do atual campeão Max Verstappen, que foi quase quatro décimos de segundo mais lento do que Hamilton, no seu Red Bull. O seu companheiro de equipa, o britânico George Russell, completou o forte resultado da Mercedes no terceiro lugar.

A sessão deste sábado foi a primeira do fim de semana a decorrer em condições normais numa pista seca. Na sexta-feira, a chuva e o granizo causaram problemas e limitaram o tempo de pista. As equipas utilizam normalmente as sessões para recolher dados. As voltas rápidas e as simulações de corrida alternam-se para que as equipas possam encontrar a afinação ideal. Agora, na terceira sessão de treinos livres, foi preciso fazer isso rapidamente.

Ferrari com desempenho questionável

A Mercedes teve um desempenho surpreendentemente forte, enquanto as coisas pioraram para a Ferrari. Charles Leclerc (Mónaco) terminou em décimo, Carlos Sainz (Espanha) apenas em décimo segundo.

"Estamos muito lentos", disse Leclerc, vencedor do Mónaco, via rádio, para as boxes. Os McLaren, que também tinham sido muito rápidos recentemente, terminaram em quinto e sétimo, com Oscar Piastri (Austrália) e Lando Norris (Grã-Bretanha).

A Aston Martin, com o herói local Lance Stroll e o veterano Fernando Alonso (Espanha), também conseguiu manter-se surpreendentemente bem. Stroll terminou em quarto e Alonso em oitavo.

Nico Hülkenberg, de Emmerich, terminou em 17.º e foi mais lento do que o seu companheiro de equipa dinamarquês da Haas, Kevin Magnussen, que terminou em 11.º.

A qualificação em Montreal segue-se à noite, para a qual se espera novamente chuva. A nona corrida da temporada de Fórmula 1 terá lugar no domingo.